Lichias

Socorro. Alguém aí sabe como fazer pra parar de comer essas frutinhas compulsivamente? Todo ano é o mesmo problema; a gente senta pra assistir um programinha qualquer na TV, quando vê, já foi embora uma bacia.

Mais frutas:
Só em casa

Anúncios

10 respostas em “Lichias

    • RÁ! Nada como uma leitora antenadíssima e com ideias mirabolantes! Vou experimentar. Em todo caso, se eu não aparecer aqui no blog por uns dias, chama o SAMU e pede uma ambulância pra me resgatar… 😀
      Jingle Bells!

  1. Eu tb sofro de compulsividade por lichias! Lá em casa o pessoa até gosta, mas come 2 ou 3 e já chega. Eu não consigo. É uma atrás da outra, e confesso que até o ato de descascá-las me diverte! Dilíiiicia Natalina!

    Parabéns pelo blog, Monica! Não sou muito de comentar, mas estou sempre por aqui!

    Feliz Natal e Boas Festas!

    • Ai, Silvia, que bom que existem mais ‘lichiólatras’ (?) por esse mundo! Sorte sua que o pessoal da casa não é muito adepto, né? Assim sobra mais pra você! 🙂

      E não é que a lichia é uma frutinha danada de civilizada? A casca sai inteirinha, a polpa desgruda da semente direitinho, ma-ra-vi-lha! Plantamos uma muda na casa da minha mãe, a partir da semente, a arvorezinha tá uma beleza, mas a danadinha não dá lichia de jeito nenhum!!!

      Obrigada pelas visitas, é tão bom ler os comentários, ainda mais de gente que costuma ficar quietinha! Apareça sempe! 🙂

      Um ótimo Natal e um super 2010 pra você também

  2. Mônica, quer ver-se livre do pesadelo de lichiólatra e compulsiva?
    Fácil.
    Depois do ritual de descasque (?) e limpeza da polpa, sirva com pimenta baiana a gosto. Como se faz com acarajé e vatapá.
    Mas que seja naquelas doses lá de Salvador. Lichia quente!
    Tiro e queda…

    Abraço,

    Stélio

  3. Se vc descobrir, avise aqui no blog! A caipivodka de lichia é maravilhosa… Acabei de comprar uma leva da frutinha para virar bebida!

  4. Bom aqui na Bahia, tem pimentaroska drink de pimenta, bem gelado o gelo esvanece o ardor,quanto a lichia, concerteza aqui chamamos de lichiaroska, aliás toda fruta que se preze aqui na bahia, vira bebida desde licores até a caipirinha com a cahaça boa mineira ou baiana, a caiprissíma com o bom rum bacardi, montila ou outro e então as famosas roskas ou capetas com voddka, frutas,leite condensado e um toque de xarope de groselha, pitada de cravo ou canela pra quem gostar – experimenta Mônica!
    e dizer que o seu blog foi um achado este ano para mim. obrigado e BOM, ANO BOM.

    • Sábia decisão, essa de transformar toda fruta em líquido! 🙂
      Eu, particularmente, não gosto das bebidas adocicadas demais (essas com leite condensado, groselha, etc), mas qq mistura com a boa cachaça é muito bem vinda. Minha favorita continua sendo a tradicional caipirinha (com cachaça e limão), se bem que o pessoal faz umas misturas de frutas que caem super bem. Com lichia nunca experimentei, mas tem a maior pinta de que deve ser boa demais da conta!
      Um ótimo fim de ano e um 2012 com tudo de bom pra você.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s