A cruz e a casca de banana

– E onde é que vai ser a missa de formatura?, perguntou meu tio.
– Na igreja de São Sebastião, eu disse. Formatura da turma de Direito, né, ninguém merece aquela lenga-lenga da colação de grau, horas intermináveis de discurso, auditório lotado… Muito mais prático ir à missa de táxi, já chegar meio na hora do ‘Vamos em paz’, dar um abraço no formando e fazer meia volta pra casa.
– Ah, mas então, quando você estiver lá, dá uma olhada nos quadros que retratam os passos. E repara em um que diz ‘Jesus cai pela primeira vez.’
– Por quê?
– Ah, não quero estragar a surpresa. Olha lá.

Conhecendo meu tio, sabia que aquilo não ia prestar. Lá fui eu, igreja lotada, um calor duzinfernu, nenhum espaço pra sentar. Resolvi ir andando pelo corredor lateral pra achar um lugarzinho que fosse no meio da multidão, e eis que paro exatamente na frente do tal quadro. Ali estava: Jesus cai pela primeira vez. E foi então que eu entendi tudo. Porque, gente, deixa eu ver se consigo explicar mais ou menos pra vocês o que vi, sem exagerar muito. Tinha uma cruz enorme indo pelos ares. Um Jesus com cara de susto, boca aberta e olhos arregalados, braços e pernas levantados como se ele tivesse escorregado numa casca de banana, túnica e cabelos em total desalinho. Uma cena que faria sucesso em qualquer programa de videocassetadas, pronta pra ir parar no YouTube  e receber milhões de RTs no Twitter. O ‘artista’ deve ter recebido uma penitência e tanto do padre, aquilo era caso de envio imediato pro inferno. E eu fiquei ali parada, tentando desesperadamente segurar uma iminente crise de riso, enquanto as pessoas ao meu redor ignoravam por completo a existência daquela obra prima pendurada na parede bem na frente delas. Nunca mais consegui assistir missa naquela igreja.

O quadro está aqui. É a terceira estação. (merci pelo link, Asnalfa!)

Anúncios

14 respostas em “A cruz e a casca de banana

    • Nada disso, Romacof.
      Isso acontece com quem ri da piada!
      Mas, pelo que eu me lembro no catecismo, não tem essa de passar pelo inferno 2 vezes não, sacanagem… 😛
      Acho que o inferno nem seria tão ruim assim, tanta gente conhecida pra colocar a conversa em dia!!!
      Mas, ó, tô com pressa nenhuma… 😉

  1. Gente do céu, ele caiu pela primeira vez e ainda teve força para levantar e cair a segunda depois dessa??

    herege, eu sei. Meu passe já está comprada há tempos… =P

    Bjs!

  2. Tá demais! Não preocupa com o inferno não, Deus também deve ter murridodirri do quadro.
    Fez-me lembrar um quadro que tinha na Igreja onde eu ia em Toulouse na França. Era enorme, ficava assim do lado esquerdo de quem entrava, e tinha um Jesus crucificado numa árvore. Acho que não vou conseguir descrever a beleza do quadro, porque o Jesus era preto e tudo à volta tinha tanta cor, a árvore tinha frutos, as roupas das pessoas eram super coloridas e o fundo do quadro era cor-de-laranja. Eu nunca consegui prestar atenção naquela missa, ficava o tempo todo olhando pro quadro. Deu saudade…

    • Pois eu até tentei achar uma aqui na internet…
      Da próxima vez que aparecer por lá, tiro uma pra mostrar aqui! 🙂

      update: o Asnalfa encontrou a foto! Tá no link no fim da postagem. Vai lá!

  3. Sobre as considerações relativas ao céu e ao inferno, lembrar o sábio conselho de Mark Twain:

    “Go to Heaven for the climate, Hell for the company.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s