Meu candidato

Já defini meu candidato pras próximas eleições presidenciais.
Agora só falta saber quem vai ser o vice.
Pelo jeito, o drama da falta de opções de escolha não conhece fronteiras…

***

– Vote em NINGUÉM
– NINGUÉM vai cumprir as promessas de campanha
– NINGUÉM vai ouvir seus problemas
– NINGUÉM vai ajudar os pobres e os desempregados
– NINGUÉM se importa!
– Se NINGUÉM for eleito, as coisas vão melhorar pra todo mundo!
– NINGUÉM diz a verdade!

Anúncios

18 respostas em “Meu candidato

  1. A única diferença aqui é que o voto não é obrigatório (Graças a Deus, né?). Assim vai quem quer e acredita, porque eu já deixei de acreditar há muito tempo… Só por curiosidade, normalmente a abstinência ronda à volta dos 33%. É claro que pode aumentar se for um belo dia de praia, que ninguém é de ferro!
    Bjs,
    Ana

    • hahaha, nãããão, eu ainda estou muuuuuito longe disso…
      (cof…cof…cof…)
      mas eu não podia perder a piada, né??? 😀
      A bola fica quicando na área, a gente tem que chutar em gol!!!
      bjk

    • É, realmente é de desanimar, né?
      Mas se a gente não votar, como é que isso muda?
      Aquela história, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come!

  2. conta pra mim Mônica, alguma vez teu voto fez a diferença?
    ele vale um, o mesmo um de uma pessoa que não tem nenhuma formação política e se agarra numa bolsa família pra viver.
    a mudança vem com com o protesto. A negação é uma forma de protesto.

    • É, às vezes é desanimador mesmo, mas democracia tem desses probleminhas. Ficaria complicado meu voto valer mais – ou menos – por causa das circunstâncias, né? Eu acho que a mudança vem também com o protesto, mas gosto de pensar que existe mais de uma maneira de se chegar lá… Só não gosto mesmo é do blablablá sem conteúdo e briguinhas de campanha e, sobretudo, da obrigatoriedade do voto. Eu votaria por conta própria, acho um tanto quanto antidemocrático me mandarem exercer o meu direito…
      abraço

    • Tás brincando que em breve vai ter desfile pra candidato com traje de baile e de banho, maiôs Catalina e tudo, que nem concurso de miss? 😀

  3. concordo com o voto não obrigatório. abaixo com a confusão entre direito e dever!!! Nao digo que um voto tenha que valer mais que outro, o que eu gostaria é de ver esse outro com o mesmo embasamento, prioridades semelhantes. Para isso precisaria escolaridade, muita e com projetos consistentes a longo prazo. Se um candidato me oferecer isso, voto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s