Pão de bunda

Enquanto isso, na padaria…

enviado – em perfect timing – pela Daisy e pelo Stélio

Anúncios

27 respostas em “Pão de bunda

      • Glúteos na Alemanha? Só se for o do mais gordo porco. é capaz de ter, nessas circunstâncias. rsrsrs

        bjs

  1. mas não tem por aí o pão bundinha, aquele com um corte no meio e que fica parecido tal e qual?
    e lembra que lá no extremo sul brasileiro o pãozinho francês é chamado de cacetinho é verdade)… sem querer baixar o nível, imagina do que pode ser feito esse então…

    • Nooooottthhhaaaa!!! 😀
      É mesmo, mamãe fazia um biscoito de polvilho que a gente chamava de biscoito-bundinha porque tinha o mesmo formato do tal pão-bundinha que você falou (ma eu não conheço).

      Pra gente ver que conter glúteos não está assim tão fora de propósito!!!

    • Eu nunca chamei o pão dividido no meio de bundinha (embora saiba desse nome do bendito). Na minha cidade é conhecido como pão d’água e aqui em Floripa como metadinha.

  2. Pingback: Tweets that mention Pão de bunda « Crônicas Urbanas -- Topsy.com

  3. hahahahahahaha. Muito boa essa… Não sei como é por essas bandas aí, mas aqui no Nordeste, mais precisamente na minha terrinha, quando alguém cai de bunda no chão, diz-se que quebrou a padaria. Talvez venha vez daí a relação com os “glúteos”… hahahahaha.

    Bjos de montão.

    • Cláudio, sabe que eu tinha pensado exatamente nisso? Meu avô falava isso direto! Também estou começando a achar que glúten, glúteos, padaria, ‘poupança’, etc., estão mais relacionados do que imagina a nossa vã filosofia!!! 😀
      bjk

  4. Mônica,
    não imaginei que esta imagenzinha tão simples que enviamos a você fosse dar audiência tamanha.

    O Ricardo, diretamente de Floripa, confirmou pra mim: lá tem realmente o pão-bunda, com cita o Camargo.
    Aliás, cacete também é pão francês em solo baiano, eu não sabia que era no Sul.

    Agora dois toques de nostalgia:

    – realmente, bunda quando eu era menino, era palavrão. A maioria dos adultos ou dizia popa ou padaria.

    – nos tempos da minha brilhantina, as meninas costumavam chamar de pão os meninos bonitinhos. Acho que eu era o papel de embrulho, alguma coisa secundária assim…

    Beijins,

    Stélio

    • Stélio,
      pois é, os louros vão pra você e pra Daisy, que me enviaram a foto quase na mesma hora! Foi recorde absoluto de audiência por aqui, com direito a tweets e tudo o mais. A internet é ou não é chegada numa bobagem para fins pacíficos??? 🙂

      Vovô falava ‘bunda’. Vovó brigava pra ele não falar isso perto da gente e ele retrucava: ‘Bobagem, bunda todo mundo tem.’ E ela emendava: ‘É, mas não na boca!’ 😀

      Ah, eu conheço gente que ainda diz ‘o Fulano é um pão!’ Mó atestado de década, né não? Adoooouro…
      bjk

  5. Aqui no Rio Grande os filhotes de pão francês têm o nome de cacetinho, o que enrubesce as catarinas que os chamam de triguinhos. Será que os nossos cacetinhos também têm glúteos?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s