Bloomsday fail

J. Joyce em Dublin

 

Prezado James,
passou-se mais um 16 de junho (já foram muitos desde o de 1904…) e não, novamente não me animei a tirar o meu Ulysses da prateleira. O livro continua aqui, bonitinho, praticamente intocado, na companhia de exemplares das obras de dois outros célebres irlandeses – Wilde e Shaw – que sempre estiveram no topo da lista das minhas preferências literárias. Mas uma hora dessas eu espero dar conta do recado, pode deixar. Aí sim, prometo comemorar devidamente o Bloomsday

 

 (na falta de uma versão musical para o livro, pelo menos existe a de Finnegan’s Wake)

Anúncios

5 respostas em “Bloomsday fail

  1. Eu confesso que nem cheguei ao Ulisses. Comecei pelo ‘The portrait of a young man as an artist’ e no começo do livro estava toda entusiasmada com as descobertas do rapazito, mas depois eu achei que a conversa foi ficando tão chata (os amantes de Joyce que me perdoem…)
    Adorei a versão musical de Finnegan’s Wake!
    Bjs,
    Ana

    • Ana,
      minha experiência com ‘The portrait…’ foi idêntica. Joyce, pra mim, é daqueles autores que eu gostaria de já ter lido, assim agora eu já estaria livre dele! 😀

      É tudo mesmo uma questão de gosto, né? Ou talvez de estar no espírito da coisa. Vamos ver, ainda tenho muita vida pela frente… Só fico imaginando o que teria sido se Joyce tivesse resolvido escrever mais do que um único dia; já imaginou se tivesse sido, sei lá, a semana de 16 a 23 de junho? Seria uma enciclopédia…

      Adoro os irmãos Clancy – musiquinhas da minha infância, foi papai quem os apresentou pra mim.
      bjk

  2. Morram de inveja!!
    Ja li “Retrato de um artista…” e “Ulisses”. Gostei mais do primeiro. Os livros são muito interessantes e nem um pouco chatos. São raros os pedaços de serem entendidos.
    Mas se tiver que escolher um escritor que nunca consegui terminar os livros é o Thomas Mann. àrei na pagina 90 de “Dr. Fausto”

    • Asnalfa,
      você acaba de receber um upgrade para a categoria ‘meu ídolo’. Um dia eu dou conta do Ulysses – não sei quando, até porque o meu tá em inglês, e aí o entusiasmo tem que ser ainda maior!!!

      Se você, que encarou James, não deu conta de Dr. Fausto, acho que eu nem vou me arriscar!!! 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s