Curtinhas

* Cinema também dá boas aulas de inglês. O sonho dos meus alunos torna-se realidade: os 100 maiores insultos do cinema. Um repertório verdadeiramente impressionante. (via @aomirante)

* Meu presentinho para o Mick Jagger, pé-frio oficial da seleção brasileira. Com certeza ele estava torcendo pra Gana também.  (update: e pela Argentina…)

* Pelo visto, a nossa seleção entrou em campo contra a Holanda ontem usando a tática Branca de Neve: um Dunga, onze Sonecas e, no final, o Brasil inteiro Zangado… e ninguém Feliz.

* Agora, aqui entre nós: só eu que achei o suprassumo do mau gosto aquele repórter da rede Globo tentando entrevistar um Júlio César ainda engasgado com a derrota do time (close das câmeras no moço e microfone quase enfiado goela abaixo), minutinhos após o apito final? Sem noção, viu, faça-me o favor…

* Chato mesmo, de verdade, é que terça-feira vai ser dia de expediente normal.

* Mas ar-ra-sa-da mesmo fiquei com a derrota de Gana, por mais que simpatize com os uruguaios. Aquele pênalti perdido no último minuto da prorrogação me fez pensar que a derrota do Brasil não foi nada em comparação. Se uma coisa dessas tivesse acontecido conosco, tinha gente pulando da ponte até agora.

* O vice da Dilma é o Michel Temer. O de José Serra é o Índio da Costa. Muito chato quando os temores da gente se materializam.  #fujamparaasmontanhas

* Impossível não ser totalmente uma dog person depois de conhecer a Shirley.

* O jornal inglês The Times já está cobrando pelo acesso ao conteúdo. E pode esperar que daqui a pouquinho a moda pega e os outros vão fazer o mesmo. Eles alegam que, com a expansão da internet e a queda nas vendas no formato tradicional, essa é a única solução. Pode até ser, mas quer saber? Achei o fim da dinastia.

* A moça do telemarketing no telefone:
   – Alô, eu gostaria de estar falando com a Mônica?
Gente, eu sei que mentir é muito feio, mas eu tive que dizer que eu não estava. Quer dizer, ela já estava falando comigo e tal, mas certeza absoluta que aquilo ali era mais um caso de Síndrome do Gerundismo atacando. ‘Estar falando’ foi um pouco além da conta.

* O lançamento do ano: o verdadeiro Citroën Picasso.  (via @americano)

Anúncios

8 respostas em “Curtinhas

  1. * Também eu já fui acusado de pé-frio. Até 2009 sempre que ia ao Independência, o América não ganhava. Quando manifestei a intenção de ir ver o decisivo (para a subida à sérieB) América-Brasil de Pelotas, os primos da Ana, Americanos doentes tentaram de tudo: comprar meu ingresso de volta, convidar para um churrasco à mesma hora, sei lá. Ainda me ofereceram meia de lã. Felizmente não foi preciso. O América ganhou e subiu à série B…

    • Pedro,
      e eu que não sabia que ainda existiam americanos doentes! Na verdade, tirando um tio meu e mais uma meia dúzia de gatos pingados, eu nem sabia que ainda existiam torcedores do América! 🙂
      E você dispensou o churrasco???? Olha, eu não teria pensado duas vezes… 😀
      bjk

    • Rosa,
      ainda bem que ele já fez o que precisava na vida com os Rolling Stones. Se tivéssemos que contar com ele pra qualquer coisa agora, sei não… 🙂
      bjk

  2. Mick Jagger = versão pop do Luiz Inácio: meia de lá nele!

    Uma dúvida: quem perde penalti aos 48 do segundo tempo merece bilhete de volta ou passar pra frente?

    Jornais na internet = não há condições econômicas de se manterem; terão que cobrar acesso ao conteúdo. Gerar e divulgar notícias, com correspondentes no mundo todo, custa bastante grana. Usaram a tática dos traficantes de drogas: serviram notícias “de grátis” até o “usuário” se acostumar, gostar e achar que vai ser sempre assim.
    Agora…
    Bão, agora, já viu, né?

    Sabe como atendo telemarketing?
    Atendo, se for telemarketing, com muita educação para não fazer barulho e despertar a ira do outro lado da linha, coloco o aparelho telefônico nalgum lugar, espero 15 minutos e recoloco no local de praxe. Confesso que ainda não reclamaram.
    Sei lá se não “estarão ligando”, em breve.

    Beijim

    • Stélio,
      eu entendo lhufas de ludopédio, então já viu, né? Mas pra mim, a regra devia ser: tirou com a mão a bola que já estava a centímetros do gol (nem a jabulani faria um desvio naquela altura), é gol, ora essa. O Uruguai saiu no lucro, porque além de tudo aquilo desestabilizou os jogadores de Gana. Fico feliz pelo Uruguai, mas perdi um pouco do entusiasmo por eles.

      Continuo gostando da Espanha, por motivos nada futebolísticos, confesso. O Casillas bem que podia ter feito a promessa do Maradona!!! 🙂

      Curiosamente, pelo que tenho lido por aí (inclusive uma recente entrevista com o Murdoch), não são os jornais online que não estão conseguindo se manter. É que, com o acesso livre online, ninguém mais quer comprar jornal em papel. Que, além de tudo, só chega com as notícias no dia seguinte. Em tempos de Twitter, amanhã tá muito longe… Pra mim, o que está acontecendo é que a função da imprensa mudou um pouco: eles tinham que oferecer mais análise, porque a notícia em si a gente cata em qualquer lugar. Conectar os pontos, isso devia ser o trabalho deles. Mas a tecnologia muda em questão de dias, a mídia leva meses e as grandes corporações mudam a passo de tartaruga…
      bjk

    • Rê,
      adorei o Uruguai e os uruguaios foram hipermega simpáticos com a gente quando estivemos lá (nossa, já se vão 11 anos!!!). Mas vou te confessar que naquele último minutinho de jogo eu era Gana desde criancinha. Não sei nada dessas regras, mas achei pouco darem um pênalti e um cartão vermelho quando a bola já ia entrando (nem mesmo a jabulani teria se desviado daquela vez!). Adoraria ver um time africano indo adiante, quando tantos bacaninhas já tinham voltado pra casa! 🙂

      Mas agora estamos firmes na torcida pelo Uruguai. Parece que a coisa tá indo pro lado da Alemanha mas, né? eles já ganharam bastante. Ver o Uruguai levar a taça depois de décadas (ou mesmo ver Espanha ou Holanda ganhando pela primeira vez) seria bem mais legal.

      Meu pai estaria torcendo pra Holanda. Não porque gostasse do time, mas porque ele sempre torcia pra quem ganhava do Brasil. Assim, no final, ele podia dizer que ‘pelo menos perdemos pro campeão!’ 😛
      bjk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s