Eu não sou a Heloísa

Isso agora acontece com menos frequência, mas já houve uma época em que as pessoas cismavam que meu nome era Heloísa. Não era todo mundo, claro, que o meu nome já é Mônica há muitos e muitos anos, mas tinha gente que simplesmente não conseguia me chamar diferente.

Começou com uma professora de balé, “sustenta a perna mais alta no giro, Heloísa”; quando eu dizia que eu era Mônica, ela fazia aquela cara de ‘ah, é mesmo’ e logo depois me chamava de Heloísa de novo. No final, passei a atender sem corrigi-la, o pessoal da minha turma morria de rir. Uma argentina que dava aulas de inglês no mesmo cursinho que eu falava que eu tinha cara de Heloísa, ficou espantadíssima quando eu fiz a correção. Uma aluna chegou perguntando logo no primeiro dia de aula se aquela era a turma da professora Heloísa; rodou a escola por um bom tempo até descobrir que, na realidade, ela estava era procurando a minha sala. Foram vários os casos num intervalo de poucos anos, e o engraçado é que eu não tenho nenhuma Heloísa na família ou no meu círculo de amigas, pra de repente alguém confundir, e meu nome não poderia ser mais diferente de Heloísa.

Um amigo uma vez sugeriu que quem sabe eu era a reencarnação de Heloísa? Achei uma sacanagem, né, porque isso signficaria que alguém teria que arcar com o carma de Abelardo, o que não teria lá muita graça. “Vai então que você foi assim, uma Heloísa genérica,” ele comentou. “Você não tem curiosidade de saber quem você foi em uma outra vida?”  Respondi que não. Pois se já estou tendo a maior trabalheira tentando descobrir quem eu sou nesta vida, vê lá se eu vou querer arrumar mais confusão?

Anúncios

18 respostas em “Eu não sou a Heloísa

  1. Pior é ser chamada um semestre inteiro na faculdade de Eveleide.
    A profa querer entregar a prova de Evelyne e pensar que trouxe a prova pra sala errada, pq ela não conhecia nenhuma Evelyne, no caso, eu.

    Freira, hein? Duvido. rsrs

    bjs

    • Eu já fui Simone algumas vezes (bom, pelo menos tá mais perto de Mònica), mas Heloísa tá bem longe do original, né?
      Eveleide é dureza, kkk…
      É. Freira, só mesmo se foi numa outra vida, lááá na Idade Média. Aí gastou! 😀
      bjk

  2. Tô com o hábito de chamar meu amigo Abrãao de Sebastião. Ele tenta disfarçar, mas percebo que ele fica irritado. E deve irritar mesmo. Igual quando escrevem meu “nome” com dois L (Telles).

    Além disso, tenho o costume de confundir Cristina com Cristiane, Ricardo com Roberto, Lúcio com Luciano, Leandro com Leonardo (mas aí a culpa já é da mídia). Caso sério.

    Você combina com Heloisa, mas já acostumei com Monica. 😛

    • Ah, essas coisas de letra dupla, nome com ou sem ‘h’, é tudo um problema. Eu tenho um tio que só chamava o amigo, Zé Maria, de Valter, não me pergunte de onde foi que ele tirou a semelhança…

      Tem gente que me diz, depois de saber da história, que eu tenho cara de Heloísa. E como é cara de Heloísa? 🙂

  3. Pois é, Heloísa. Já me chamaram de Maurício. E Mário. Quem sabe você não adota Heloísa como pseudônimo e cria outro blog, com personalidade alternativa, talvez diametralmente oposta à sua? Daria trabalho mas seria divertido…

    • Pois então, se o Fernando (enquanto Pessoa) fazia umas coisas assim, por que não eu??? 😀
      De vez em quando eu coloco a Heloísa, minha irmã, pra atender o telefone pra mim e avisar que não estou…
      E agora tou aqui pensando como seria essa minha personalidade alternativa-diametralmente-oposta!!!
      bjk

  4. Você tem uma irmã chamada Heloísa. Tá explicado.

    Sua personalidade alternativa-diametralmente-oposta: burra, chata, fútil, arrogante, egoísta, ranzinza, etc.

  5. quando me mudei para Belzonte, me apelidaram de Tião, não sei por que. E fui Tião por um bom tempo. Como era o nome do meu avô, nem me incomodei muito.
    O complicado foi quando eu passei no vestibular. O dono da pensão em que eu morava, um adevogado velhinho, ligou para a UFMG emputecido, dizendo que um amigo dele havia feito os pontos necessários para passar mas que não tinha nenhum Sebastião na lista. Ou eles corrigiam aquilo ou ele entrava com uma ação contra a universidade, iria suspender o vestibular, uma coisa!…
    Viu, Heloísa?
    não é só com vc que acontecem essas coisas…

    (pe esse: quando eu era menino pequeno em Barbacena, tinha duas vizinhas, irmãs, que se chamavam Heloísa e Helenice. E havia uma impossibilidade crônica de acertar quem era uma, quem era a outra. Não, não eram gêmeas. Nem parecidas, para dizer a verdade… )

    • Ah, então você devia ser como um primo meu, que muita gente chama de Dudu. O nome dele? Gabriel…
      Eu sempre confundo duas gêmeas, nunca sei quem é quem. Uma se chama Júlia, outra é Manuela. Confundo não sei como, porque uma é loura, a outra morena!
      É reconfortante saber que minha turma dos nomes trocados é bem maior do que eu supunha!
      E se eu te contar o tanto de apelidos diferentes que eu tenho, aí é que a coisa complica de vez… 🙂

  6. Stelho
    Estélio
    Ystélio
    Histélio
    Nada disso nunca me afetou, viu Heloísa?
    Só rodei a baiana num dia em que disse meu nome prum cara preencher um determinado formulário e ele tascou lá: Epitélio.

    Aí é demais, né, perdi a paciência, que já não é grande…

    Beijão do Estelio para a Eloíza,

    Eu

    • hahaha.
      tá parecendo a minha avó, que se chamava Perina. E o moço que ia trabalhar lá de vez em quando chamva ela de s’á Aspirina… 😀
      Ou o pai de um amigo meu, que se chama Atahualpa. A empregada achava o nome muito difícil, então dizia que o nome dele era ‘sêo’ Marcelo…
      Tem gente de tudo quanto é jeito nesse mundo!
      bjk

  7. Heloísa,
    Há quem diga que não somos um(a) só. Que cada um de nós, além de ser esse ou essa que está aqui, seria parte de um conjunto de umas tantas pessoas, vivendo simultaneamente experiências comuns, mas diferentes. Agora, por exemplo, não sou eu quem está escrevendo isso. É uma outra parte de mim que está aqui agora a postar. E talvez quando você seja chamada de Heloísa sua porção Heloísa esteja de certa forma – pelo menos para quem a chama assim – mais presente em você…
    Abraço grande,
    Roberto.

    • Roberto,
      será que alguma das minhas outras eus ganhou a MegaSena? Tou precisando ter uma conversinha com ela… E se eu já tenho problemas pra entender a Mônica aqui mesmo, fico imaginando que confusão que pode ser ter tantas outras eus em mim mesma.
      Mas, pensando bem, isso pelo menos poderia ser usado em proveito próprio quando, por exemplo, a gente ganha aqueles quilinhos a mais – é mais gente aqui dentro, né? Faz sentido…
      abraço
      Heloísa

  8. Minha irmã se chama Heloisa. Tem gente que a chama de Helena. Eu já me acostumei com Lívia ou Lídia… Pra complicar, meu nome é com Y. Aí é que ninguém acerta mesmo: vira Ligia ou Ligya… Uma professora de inglês me disse que eu tenho cara de Gilda!!!! E meu sobrenome então? Melhor nem falar… O G vira J e não há Cristo que coloque o N dobrado no lugar certo. E quando eu trabalhava na Harnischfeger então? Era uma dificuldade fazer a pessoa do outro lado da linha entender o nome da empresa e meu e-mail… Ninguém merce, viu Heloisa?

    • Gilda é ótimo, hein, tipo Rita Hayworth fazendo strip com a luvinha? 🙂
      Eu acho muito louco errarem de Mônica pra Heloísa, dois nomes que não tem absolutamente nada em comum. Mas não me importo, eu gosto de Heloísa. Quanto ao sobrenome, também tenho problemas, kkk… E sempre tenho que soletrar meu endereço, o nome da rua sempre vem errado!
      Mas a vida seria um pouquinho menos divertida sem esses percalços, né? Ninguém erra Silva, olha que tédio!

  9. Fico imaginando aqui como deve ser alguém ser chamado diversas vezes em contextos diferentes por um nome que não é o seu. É coincidência demais.

    É daquelas coisas que nos fazem pensar um pouco além do que a ciência conhece hoje em dia.

    • Pois eu achei melhor nem pensar nisso, Arthur. 🙂
      Mas, que é muita coincidência, é. Afinal, um nome não passa nem perto do outro…
      Só espero que, caso em algum tempo eu tenha sido (ou seja num universo paralelo) a Heloísa, a experiência tenha sido boa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s