Só podia ser Ella

***

Não sei bem quantos anos eu tinha, mas eu ainda era pequena quando meu pai me apresentou à voz sem igual de Ella Fitzgerald, e aí foi amor à primeira ‘ouvida’. Uma das faixas do disco era ‘A-Tisket, A-Tasket’, uma musiquinha que qualquer criança americana sabe cantar; mas esta versão é  mais ou menos como a gente pegar ‘Ciranda, Cirandinha’ e dar aquele upgrade jazzístico. Na voz d’Ella, até cantiga de roda tem muito mais bossa… O clipe é do filme ‘Ride’em Cowboy’, de 1942. Um mimo para as criancinhas e as já nem tanto assim no dia de hoje, e para o pápi, nascido em um 12 de outubro há exatos 79 anos.

2 respostas em “Só podia ser Ella

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s