Bilu, o ET poliglota

Esse negócio de assistir TV ‘de vez em nunca’ tem lá seus percalços. Eu nunca fui muito fã da telinha, ela não entra nem na minha lista de top 10 no quesito ‘opções para quando não tenho nada pra fazer’. Primeiro porque, sinceramente, ‘nada pra fazer’ é uma expressão que desconheço há bastante tempo. E com a programação repetitiva da TV a cabo e a baixaria política bombando nos canais abertos, minha Panasonic tem se contentado com eventuais documentários e um ou outro episódio de Law & Order ou de The Big Bang Theory (ou qualquer sitcom que não exija nada dos meus neurônios). Some a isso as aulas, a preparação de um curso e a redação de um capítulo de um livro (esse tal ‘publish or perish’ é uma dureza) e você vai entender por onde tem andado a minha cabeça nos últimos tempos. Issaí, bem longe da TV.

Daí então que eu não conhecia o Bilu. Pessoas, como isso pôde passar batido assim? Por onde andei na última semana? Como é possível ter ficado sabendo do drama do resgate dos mineiros no Chile, do suposto aborto da Mônica Serra, da vitória do Flamengo, do novo namorado da Madonna, mas nadinha sobre o Bilu? Se não fosse o Teles me enviar um e-mail altamente elucidativo eu, uma legítima tudista, estaria até agora no escuro, no limbo da informação.

Bilu, ‘maipípou’, o ET poliglota. Aquele que fala português fluentemente com uma vozinha de quem inalou gás hélio (pra não dizer outras coisas…) e cuja carinha parece ser uma mistura do wall-e com uma caixa de sapatos. Bilu, aquele que manda uma mensagem a todos os homens e mulheres de bem deste país: ”Busquem conhecimento”. Não sei se foi alguma dica pra votar no segundo turno ou uma propaganda subliminar do Google. Bilu, que deixou embasbacados os repórteres do programa Domingo Espetacular, que atraiu a atenção de ufólogos e paranormais (ou para-anormais, sei lá), que ainda não disse o célebre ‘leve-me ao seu líder’ só porque deve estar sabendo que é difícil encontrar o Luiz Inácio no gabinete hoje em dia.

O ET Bilu baixou em Mato Grosso do Sul. Não sei bem de onde vem essa mania de alienígena sentar praça no interior. Me parece pouco lógico: o objetivo não é divulgar mensagens do Bem, dominar o planeta, conquistar 24 territórios a sua escolha e mostrar que não estamos sós no Cosmos? O que há de errado com a avenida Paulista ou o meio de campo do Maracanã? Certeza que daria muito mais ibope. Mas por timidez, GPS defeituoso ou falta de verba, não sei, eles vão parar em Varginha, Araraquara ou em algum lugar perdido no Centro Oeste. Eu acho o fim da dinastia enquanto estratégia de marketing – lembra daquele que desceu no Central Park? ou em Johannesburgo? Bem mais eficazes – mas quem sou eu pra me meter com as escolhas dessa gente, certo?

Não me entendam mal. Eu acredito sim em vida inteligente em outros planetas. Ultimamente, eu tenho duvidado um pouco mais da existência de vida inteligente neste aqui, mas isso é uma outra conversa. Vai ver esses seres já estão até andando entre nós há muito tempo – o Mário Prata tem uma teoria super pertinente sobre as sombrinhas, e um amigo do meu irmão acredita piamente que as galinhas não podem ser deste mundo; são esquisitas demais. Mas vamos combinar que esse ET está fazendo tudo errado. Um nome pitoresco como Bilu não convence nem a garotada que assiste ao Discovery Kids. Nada contra o Mato Grosso do Sul, mas o local de pouso também não ajuda, tem que repensar esse itinerário aí. E pelamor, né, Domingo Espetacular? Olha, se não descolar uma ponta na novela das 8, uma aparição no próximo Big Brother ou uma canja no show da Ivete Sangalo, as chances de sucesso são mínimas. Fica a dica.

Anúncios

30 respostas em “Bilu, o ET poliglota

    • Que bom!
      Mas surpresa mesmo fico eu, com esse tal de Bilu! Você já tinha ouvido falar dele? Se não fosse a internet, eu ainda estaria na Idade das Trevas Alienígenas…
      bjk

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Essa emissorazinha de quinta deveria ser multada pelo Ministério Público por exibir uma matéria que beira ao grotesco de tão falsa, tão sensacionalista!! O que as pessoas não fazem por audiência, né?

    • Asnalfa, não brinca com uma coisa séria dessas! Quer dizer então que esse Bilu É UMA FARSA??? Minha fé na humanidade acaba de ir mina abaixo, nem cápsula resgata mais…
      É… o que esse pessoal anda fazendo pra ter audiência… pra virar celebridade… pra ganhar voto… 😀
      bjjk

  2. Menina, TV também não faz parte da minha listinha de “coisas para fazer quando não se está fazendo nada”. Ando com preguiça total de TV…
    Nunca tinha ouvido falar nesse ET…rsrrsrsr
    Mas vc viu a reportagem sobre o ET de Varginha essa semana na Veja/Época/Istoé (não sei onde li)???
    Vai ver o programa quis ir na aba da revista…

    • E cê sabe se o ET de Varginha fala português? Até surgir o Bilu, eu não tinha pensado nisso (afinal, o ET do filme aprende umas frazesinhas em inglês, né…). E, caso ele fale o nosso idioma, será que tem o sotaque do sul de Minas???

  3. Como Bilu já virou uma (sub)celebridade, prevejo a participação dele na próxima edição de “A Fazenda”.

    Ops, cê já escreveu isso no texto. Menina esperta, hehehe.

    • Eu pensei no Big Brother só mesmo ‘a nivel’ (bléé) de visibilidade mas, a julgar pelo vídeo, talvez uma atmosfera mais country, mais idílica, seja mesmo a praia do Bilu. E, agora que você falou, talvez até já existam alguns alienígenas por ali e a gente nem desconfia… 😛

  4. Não consegui assistir nem 30 segundos da notícia… o coisinha ruim sô!

    Menina, cê carregou no pessoal de Araraquara…e Varginha, e tudo mais! Eu não sou do interior (nem de passagem), por isso não tenho explicação pra essas aparições…Não será falta do que fazer do povo? Se vivessem stressados como nós não andavam sonhando… e se fosse aqui, eu diria que era do vinho…

    Bjs,
    Ana

    • hahaha, eu falei em Varginha e Araraquara porque os ETs andaram passeando por lá nos últimos tempos… or so they say! 😀
      Acho até que existem muitos deles por aqui, mas é que nas cidades maiores já tem tanta gente esquisita, que eles acabam se misturando!
      bjk

  5. Tá bom: Law & Order (vai começar agora L&O Los Angeles, um elenco supimpa) e The Big Bang Theory são muito bons, mas é muito pouco para alguém dizer que não tem nada de bom na TV…
    E Criminal Minds?
    E Mad Men? The Event? Rescue Me? Parenthood? Stargate Universe? Caprica?
    Vc tem que abrir mais seus horizontes, fia, tô te falando. Ou então, vai ficar vendo A Fazenda, Domingo Espetacular ou, até mesmo, novelas…

    • Max,
      meu problema é só de agenda, é que esses são os programas que estão passando quando eu tenho tempo de assistir TV (fessôra é foda, dá aula até depois de 9 da noite, todas as noites, lerê… lerê…). The Event ainda vai começar a passar por aqui, Mad Men tá na HBO (que eu não assino, porque não tem como pagar bem mais caro quando eu nem mesmo dou conta dos canais que tenho), os de ‘fixação’ científica eu sou muito fã não, isso é lá com você e o Jay…
      Mas, quando dá, eu gosto sim de Parenthood, Criminal Minds e dos L&O todos. O dia em que a Mega acumulada sair pra mimzinha prometo ficar vegetando na frente da TV por uns tempos, pra colocar tudo em dia! 🙂
      Tá, dá pra baixar, lóóógico, mas eu fico com medo de ‘me apegar’ a essas séries. Depois de X Files e Lost, todo cuidado é pouco!

    • ahháááá!
      Agora os et-friendly vão dizer que isso é uma conspiração do governo, interessado, evidentemente, em abafar o caso!
      Eu, se fosse o cidadão confundido com o alien em questão, ficaria muito puto. Ser confundido com um coisinha horrorosa daqueles? Pô, sacanagem!!! 😀

  6. nossa, chega ser patético fazer esse tipo de encenação.. pior ainda é coloca no ar uma coisa ridicula dessas. Nao tinha nem idéia desse bilu, com tanta coisa importante para ser dita o povo gasta tempo e dinheiro com palhaçada…

    • Thaís,
      eu fiquei sabendo por um email e, depois, pelas piadinhas de praxe no Twitter. Também acho incrível que uma equipe de jornalismo tenha encarado uma coisa dessas. Depois reclamam que acabou-se a obrigatoriedade do diploma pra exercer a profissão! 🙂

    • Marcos, eu fiquei me coçando pra não fazer a piadinha (ainda bem que alguém fez, porque acho que não iria resistiri, rsrs), mas sabe que foi a primeira coisa que eu pensei? Como é que a gente pode levar um alienígena a sério quando lembra de uma coisa dessas, né mesmo? 🙂

  7. Custei prá ler o texto. Chorei de rir e por causa da gripe tive um ataque de tosse. Muito bom. Parabéns Mônica, seu talento é formidável. Agora lí por aí e concordo: Bilu é nome de cachorro do Maurício de Souza, primo-irmão do Bidú…aquele azul “avatar”. Beijo.

    • Patrícia dideus!
      E eu que nunca tinha atinado que o Bidu era um cachorro do Avatar, e não é que é mêêsss? Será que o Cameron teve que pagar direitos ao Maurício de Souza??? 😀
      Nossa, obrigada pelos elogios e desculpaê pela crise de tosse! Quando eu tenho as minhas (toda gripe me ataca a garganta, é um horror!) eu fico achando que meu cérebro vai explodir.
      bjk

  8. Hhahahaa Ri alto com artigo. Mto bom.

    Acho que de repente um CSI:Brazil poderia resolver esse caso hein?

    Episódio de Hj: O ET que falava portguês.
    E concordo com o que disse a Patrícia, Bilu, para mim é o cachorro do Franjinha

    Favoritei…

    Abs

    • É mesmo… depois daquele ‘O Homem que Falava Javanês’, a opção do CSI-Brasil seria tudo! Quem sabe até um mix de CSI e Arquivo X, um CSI-X? 🙂
      Nome é importante mesmo, né? Um ET com nome de Bilu não dá nem pro aquecimento!!!
      abraço

  9. Eu fico impressionado com algumas coisas nesse país.
    Uma delas é com coisas como esta.
    Pessoas estão sendo enganadas e roubadas descaradamente por uma quadrilha de charlatães, mas, a justiça, a polícia ou ministério público não se manifestam com algum tipo de intervenção em relação a essa palhaçada toda. Não aparece ninguém para proteger essas pessoas desses charlatães.
    O cara está construindo uma cidade no meio do nada apenas enganando um monte de trouxas.
    Como tem gente trouxa nesse país.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s