Curtinhas

* “Tenho medo do tédio. O tédio é o verdadeiro sinal do envelhecimento. Quando você não sabe o que fazer com o tempo, esse tipo de coisa.” Mikhail Baryshnikov, explicando por que ainda dança, coreografa, dirige, atua, administra um centro de artes, escreve, fotografa, pinta (e borda). E continua um c-h-a-r-m-e, aos 62 anos.

* Eu e a minha mania de ler as coisas rápido demais… Cartaz no supermercado: ‘Promoção: queijo caolho’. Já estava mandando o coitadinho pro oftalmologista, mas não; era queijo COALHO.

* Experimenta ouvir o segundo movimento do K622 quando estiver exausto, irritado, estressado, empacado no engarrafamento debaixo de chuva ou à beira de um ataque de nervos. Melhor que um coquetel de tarja-preta. E sem contra-indicação.

* Amigo manda e-mail de Paris, onde mora, falando do caos em vários serviços na cidade por causa das greves e passeatas de protesto, e do mau humor que isso vem causando aos franceses. Eu, hein? Francês mal humorado aprontando escarcéu na rua é moda desde 1789, não sei onde está a novidade…

* Um estudo revela: existem mais homens do que mulheres no planeta. Quem desequilibra a conta, aparentemente, é a China. Rá. Mas que nada. Aposto que chegaram a esse resultado porque contaram o mesmo chinês várias vezes.

* Adôôôuro como os intelectuais, jornalistas e acadêmicos mundo afora gostam de buscar explicações socioeconomicopoliticoculturais pra tudo. Esta matéria na TIME conta por que o Twitter é tão popular no Brasil. Só se esqueceram de um (aliás, três) detalhe: brasileiro adora novidade;  brasileiro adora jogar conversa fora; brasileiro adora bobagem. E isso tudo o Twitter tem de sobra.

* Do jeito que o nível dos debates do segundo-turno está, certeza que o tema dominante no próximo vai ser a privatização X a estatização da fita crepe (que, vamos combinar, era mesmo uma bolinha de papel…).

11 respostas em “Curtinhas

  1. Olha,
    Foram tantas as informações que algumas é pra rir,e outra pra pensar,né?
    Sobre esse 2º turno a cada dia que passa mais nojo de política eu sinto…
    E sobre os franceses…nunca vi uma constatação tão certa!
    Beijo
    Accácia

    • Pois é, Accácia, em dia atribulado com pouco tempo pra escrever e muitos assuntos pipocando, o jeito é apelar pras ‘curtinhas’! 🙂
      Esse segundo turno está mesmo um filme de terror. Esse episódio de bolinha de papel dando até em tomografia foi de doer. E pensar que outro dia uma professora que eu conheço levou um apagador de quadro na testa!!!
      Quanto aos franceses, nem posso me queixar. Conheci muita gente bacana e interessante por lá (e gente chata também, mas chatos existem em qualquer lugar…). Mas realmente a fama deles não ajuda muito no marketing! 😀
      bjk

  2. Uau, comecei o dia ouvindo o concerto. Sensacional. Realmente o velho Wolfie nos faz acreditar na humanidade, apesar de tudo.
    Valeu a dica, bom dia procê.

    • Esse segundo movimento foi ‘eleito’ uma vez ‘o segundo movimento mais bonito da música clássica’. Não sei de onde veio essa eleição mas, pelos que já ouvi por aí, não dá pra discordar. A gente muitas vezes ‘pula’ essa parte, porque segundos movimentos são sempre adagios, largos, larghettos, movimentos mais lentos, que costumam agradar menos.
      Mas o concerto é todo maravilhoso. Sem contar que eu morro de inveja de quem consegue tocar clarinete. Eu tentei uma vez e só consegui tirar dois tipos de som: um ‘piiiii’ super estridente e um ‘pppuuvvv’ bem grave, que mais parecia ‘buzina’ de navio… 😛
      Wolfgang era realmente bom de serviço.
      Ótimo dia pra você também!

    • Eu já escondi todos os rolos de fita crepe, isolante, durex e esparadrapo aqui de casa. Mó medo do Obama mandar as tropas pra cá, alegando que estou de posse de armas de destruição em massa… 😀
      bjk

  3. Ei, Mônica!

    Qual será que foi eleito o segundo movimento mais bonito então?
    Nossa, quero ouvir, porque com certeza ainda não o conheço. Será do tio Bee?
    Ah… tem que ser do tio Mô também…hehehe.

    Bjo

    • Cassiano,
      sei não, mas tem um bocado de coisa boa por aí… Wolfgang, Ludwig, Joseph, Johann, essa turma era toda da pesada.
      Aaaahhhh… então pra você aparecer eu tenho que tocar Mozart no blog??? 😛
      ótimo findi procê!
      bjk

  4. Ah… eu sempre visito o blog, está nos meus feeds… 😉

    Mas quando vc fala em Mozart, não tem como eu ficar quieto né!?…hehehe.

    Bjinhos e bom fds pra vc tbém!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s