Gente sendo gente

“(…) most of the great triumphs and tragedies of history are caused, not by people being fundamentally good or fundamentally bad, but by people being fundamentally people.”
                                      (de Good Omens, por Terry Pratchett e Neil Gaiman)
***

(* A maioria dos triunfos e tragédias da história não são causados por pessoas sendo fundamentalmente boas ou fundamentalmente más, mas sim por pessoas sendo fundamentalmente pessoas.)

Anúncios

6 respostas em “Gente sendo gente

  1. Fora Sandman, ainda não li muita coisa de Gaiman. Mas o Sandman eu li inteiro. Esse Belas Maldições já está na minha lista. Li a resenha lá no Omelete, e quero ler sim. (Sexto livro, fazer o quê, né?)

    • Marcus,
      do Gaiman eu só conhecia Coraline (que nem sabia que era dele, só vi na lista de livros no começo do livro). Eu costumo ser bem meia-boca pra lembrar nomes de autores se eu não leio muita coisa deles…
      Nem me fale em pilha de livros, nem me fale!!! 🙂

  2. Parabéns Marcus e Monica por conhecerem tão bem os autores, gostaria mt de discorrer sobre o assunto.
    Limito-me à reflexão particular deste raciocínio.
    (digam: – UUUFA!!! graças a Deus hj ela não quis falar!!!)
    ‘Retiro das mulheres’, boa causa, sim?
    Como costumo dizer: antropos, onto e todas as ciências implícitas e correlatas, dariam alguns dias de boa prosa e aprendizado mútuos!
    Considero bom método este – dos textos e idéias colocados à nossa disposição… É disso que precisamos, estímulo, sermos instigados a pensar e formularmos nossos juízos!
    Só quem sabe ‘o que é ensinar’ verdadeiramente, sabe jogar esta rede! e ao recolher…

    • Às vezes o problema é quando a gente recolhe, Vanilda, aparece cada coisa!!! 🙂 Mas a gente se diverte. Gente é um bicho muito interessante. Dá trabalho, mas ainda é das melhores coisas disponíveis na praça!

  3. TUDO do Gaiman é bom. TUDO!
    A começar pelo Good Omens, um dos meus livros favoritos ever, passando pelo The Graveyard Book, Coraline, American Gods (que estou lendo agora) e, claro, Sandman. Aliás, se só tiver a chance de ler um dos livros do Sandman, leia Estação das Brumas, onde Lucifer fica de saco cheio, manda todo mundo embora do Inferno e dá as chaves de lá para o Sandman fazer o que quiser com aquele vazião…
    Sensacional.

    • Êba, obrigada pela dica de leitura! Ando terrivelmente relapsa com minhas leituras e releituras (sim, eu releio livros), a pilha só vai aumentando…

      Adoro o humor nonsense-que-faz-todo-sentido que os ingleses costumam ter. As sessões de brainstorming do Pratchett e Gaiman pra ‘montar’ o esqueleto de Good Omens deve ter sido digno de Monty Python.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s