De BH a Viena de bonde

Fui ler este post lá na Ana e acabei me lembrando dessa história. Meus avós moraram durante muitos anos em um bairro de Belo Horizonte chamado Carlos Prates. Hoje, infelizmente, está meio detonado, mas em priscas eras a região tinha casinhas simpáticas com alpendre e gerânios nas janelas, um bom grupo escolar, um cinema -o São Carlos- e a igreja de S. Francisco das Chagas dando para uma praça super agradável (igreja e praça, grazadeus, ainda resistem bravamente ao tempo e à especulação). Para chegar lá, pegava-se o bonde ‘Carlos Prates’ no centro da cidade, numa época em que os automóveis só eram acessíveis para quem tinha muito, muito dinheiro.

Décadas depois, recebemos em casa um cartão postal do meu pai, em viagem de trabalho a Viena, na Áustria. A foto mostrava uma das praças mais famosas da cidade e a mensagem dizia que ele tinha chegado bem e que se sentia em casa. Motivo: tinha acabado de tomar um bonde que indicava, como ponto final, Karlsplatz. Quer dizer, tanta trabalheira pra, no final das contas, sair do Carlos Prates, tomar um bonde e dar em Karlsplatz…

Anúncios

4 respostas em “De BH a Viena de bonde

  1. Adorei essa história! Quando ia com a minha mãe ao açougue, no final da Avenida Paraná, eu perguntava para quê eram aqueles trilhos no chão (naquele tempo ainda andavam por lá). Ela contava a história do bonde que existiu e eu ficava tentando imaginar aquilo (sem muito sucesso). São tempos de uma BH romântica que, mesmo sem ter vivido, parece que sinto saudades…
    Bjs,
    Ana

    • É uma pena, né Ana, não deixaram nem um bondinho (só aquele do Museu Histórico) na cidade. Eu ainda era bem pequena quando tiraram os ônibus elétricos de circulação – os bondes eu nunca vi. Hoje o trânsito de BH está um caos, desanima qualquer um. A solução do poder público é falar pra gente deixar o carro em casa ou dar carona pros outros, mas política de transporte público pra valer, necas. A minha solução foi morar perto do trabalho e ter a sorte do meu bairro ser autosuficiente; é muito raro eu ter que atravessar a cidade pra qualquer coisa.
      bjk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s