Trinta anos depois

A gente conversando na aula sobre a passagem do tempo, colegas de escola, yadda yadda yadda, daí me lembrei desse texto que uma amiga me enviou outro dia por e-mail. Cruel, mas murridirri.

*******

Já aconteceu de você, ao olhar pessoas da mesma idade que a sua e pensar:
– Não posso estar assim tão velho(a)? 
Veja o que conta uma amiga:
– Estava sentada na sala de espera para a minha primeira consulta com um novo dentista, quando observei que o seu diploma estava dependurado na parede. Estava escrito o seu nome e, de repente, recordei de um moreno alto que tinha esse mesmo nome. Era da minha classe do colegial, uns 30 anos atrás e eu me perguntava:  
– Poderia ser o mesmo rapaz por quem eu tinha me apaixonado à época? 
Quando entrei na sala de atendimento, imediatamente afastei esse pensamento do meu espírito. 
Esse homem grisalho, quase calvo, gordo, profundamente enrugado, era demasiadamente velho e desgastado pra ter sido o meu amor secreto. 
Depois que ele examinou os meus dentes, perguntei-lhe se ele estudou no Colégio Sacré Coeur.
– Sim, respondeu-me. 
– Quando se formou? perguntei. 
– 1965 . Por que esta pergunta? 
– É que… bem… você era da minha classe, eu exclamei.
E então esse velho horrível, cretino, careca, barrigudo, flácido, filho da puta, lazarento, esclerosado, me perguntou:
– A senhora era professora de quê?
***
Anúncios

12 respostas em “Trinta anos depois

  1. kkkkkkkk…
    Pior que é verdade.Por vezes penso assim tb!
    ‘Eu?Velha?…Não!Impossível!!’
    Até a hora que encontrar um colega que faça o mesmo que o dentista…rs..rs…rs…
    Beijo!

    • Pois é, a gente não cresce mesmo. Encontro com meus amigos da adolescência e sempre acho que ainda somos os mesmo dos tempos do colégio. Geralmente quem traz a gente de volta à realidade são os filhos, achando todo mundo ridículo e ‘velho’, kkk…
      bjk

  2. Noutrodia reencontrei minha turma de faculdade na comemoração dos 35 anos de formatura. Eu fiquei impressionado como eles envelheceram repentinamente. Eu, pelo menos, envelheci só um pouquinho por dia nos últimos 12775 dias.

    • Doutor, quanto tempo!
      Já pensou que maldade ter sido colega de sala da Gisele Bündchen??? 😀
      Eu também só envelheci um cadinho de nada, nem dá pra notar…

  3. Mônica,

    Eu me lembrei do enterro de uma pessoa da família, onde encontramos parentes que não víamos há muito tempo. E de meu pai me perguntando, depois de conversarmos com um deles:
    – Você viu como ele está acabado?
    – Pai, ele deve estar pensando a mesma coisa de nós!…

    Jovial abraço,
    Paulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s