Café de inverno

Tá frio, né? E dizem que vai esfriar mais ainda. Eu acho ruim não, ainda mais que é uma ótima desculpa pra tomar um café irlandês. Já que não tá dando pra pegar um avião e ir saborear um in loco, tá aqui a receita pra fazer em casa mesmo. Dizem que o primeiro legítimo Irish coffee foi preparado no bar do aeroporto de Foynes, quando um voo que ia pros Estados Unidos teve que fazer meia volta por causa do mau tempo. Como frio, chuva e álcool são super de praxe na Irlanda, o dono do bar preparou uma bebida pra esquentar os passageiros enquanto esperavam o reembarque. Um americano perguntou ao dono do bar se aquilo era café brasileiro. Ele então respondeu ‘No, that’s Irish coffee.’ Depois disso, a moda pegou e hoje qualquer boa cafeteria serve a bebida, com pequenas variações. A receita é a seguinte:

1 colher de chá de açúcar
1 ½ dose de uísque irlandês (Jameson é o mais conhecido por aqui)
5 doses de café forte bem quente (pode ser espresso)
Creme de leite fresco batido
(frescurinhas extras:
grãos de café
açúcar mascavo)

– Escalde um copo como esse aí da foto em água fervente e deixe-o preparado para receber o café.
– Coloque o açúcar no fundo do copo, adicione o uísque e o café e mexa bem a mistura.
– Não encha o copo até a borda, reserve pelo menos 1/4 do topo para receber o creme de leite.
– Deixe a bebida descansar um pouco enquanto você prepara o creme de leite.
– Bata o creme de leite e adicione ao café devagar com uma colher. Não misture na bebida, o creme deve ficar ‘flutuando’ por cima.
– Pra enfeitar, se quiser, salpique o açúcar mascavo e os grãos de café sobre o creme de leite

Voilà! Sei de gente que prefere usar uísque escocês, mas eu acho que isso pode causar um incidente internacional e puxar uma briga desnecessária com os irlandeses…

Anúncios

12 respostas em “Café de inverno

  1. Nossa, eu nem cheguei na parte do café. Fiquei bloqueado na 1,5 dose de wisky. Que é suficiente para me botar de coma alcóolico até o ano que vem.

    • Geeeente, cadê o entusiasmo???
      O uísque irlandês é um pouquinho (bem pouquinho) mais leve, dá pra encarar…
      Mas a receita pode ser compartilhada, né, fica até mais divertido! 🙂

  2. Iiiih, Monica, gostei da receita!
    No Café São Brás, tem alguns… hummmmmm! ………
    Com uísque, vodca, rum, chantilly, sorvete de chocolate ‘ou’ menta, fios de alguma calda por cima e dois canudinhos de waffer, sinceramente eu não me alimentava com mais nada!!!
    SIM, porque a taça, nem precisa dizer o tamanho!
    As variações que vc falou e dão o nome de russo, inlgês ou escocês, por aí vai.
    OoooH, não fale em frio, as paisagens irlandesas! menina tu qué me matar, né???
    A-go-ra… com uma pan-gastrite! Pôoooooxa, snif,snif, snif!

    • Ei sumida!
      Pois é, o povo arruma variações sobre o tema, é que nem caipirinha, começa com cachaça e limão, num minuto inventam vodca, sakê, morango, uva, abacaxi… 🙂
      Olha, o friozinho do nosso inverno é igualzinho ao calorão do verão dos irlandeses!
      Mas as paisagens são lindas mesmo.
      Gastrite? Melhoras…

  3. Boa noite, Mônica.
    Esse tal café irlandês é “o bicho”!
    Já fizemos esse drinque muitas vezes aqui em casa. Só que usamos menos doses de café.
    É excelente para “esquentar o pé”! rsrsrs

  4. Pingback: Irish Coffee, aceita? «

  5. Pingback: Irish Coffee, aceita? |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s