Yyyaaaahhhhhh…

Em algum momento da minha razoavelmente organizada vida, as coisas resolveram acelerar assim, do nada. Não que eu não goste de me manter ocupada e fazendo o dia render, chegar no fim do dia com a lista de pendências toda marcada com um ‘fiz, fiz, fiz’ mas de repente a dinâmica do cotidiano mudou, meu dia começou a ficar de um jeito que não era antes e vai daí que eu estou naquela fase de me adaptar às mudanças. Nesse intervalo, consegui colocar a roupa pra lavar e secar (e até tirei do varal depois de seca, ó que sucesso) mas a pilha ainda está ali no canto pra ser passada (sim, é a Isaura aqui quem está encarregada da tarefa); tenho trilhares de aulas pra preparar, com alunos novos e livros igualmente novos, o que seguramente dá trabalho extra; depois de preparadas, as aulas devem ser efetivamente dadas, certo, só que meus horários mudaram e eu ainda estou tentando entrar nos eixos; na correria, tirei um monte de coisas do lugar – roupas, papéis, cds, sapatos – e ainda não consegui ensiná-los a voltar cada um pro seu lugar de origem sozinho, modosque eu ainda tenho que encontrar um tempinho (que já virou tempão, porque antes era só uma meia-dúzia de coisas fora do lugar, agora é um tantão) pra guardar tudo bonitinho, porque eu acho um saco ficar procurando as coisas fora de seus respectivos lugares; a casa tá meio zoneada, mas isso a gente releva até a faxina da semana; tenho uma palestra pra preparar, porque tem gente que acha que eu sou expert em umas tantas coisas por aí e quer que eu fale sobre isso; tenho uma reunião – aliás, mais de uma – e gostaria muito que as pessoas aprendessem a ser objetivas e liquidassem o assunto em tempo recorde, mas já sei que vamos ficar no blablablá e pouco será resolvido – e, no entanto, tenho que estar lá para presenciar isso. E ainda tem um monte de outras coisinhas e coisonas, além da vida social, claro, que essa eu prezo muitíssimo, e a vidinha virtual também, só que é ela que está obviamente levando a pior no momento. Tenho aqui uma penca de posts feitos pela metade, uma dúzia de links legais que me enviaram e eu ainda não investiguei com o carinho e cuidado que eles merecem, fotos mis pra baixar no computador, yadda yadda yadda. Tudo isso pra dizer que eu estou cá, que nem aqueles malabaristas que ficam rodando prato no alto da vara, sabem qual?, e quando um prato ameaça despencar eu corro lá e dou mais uma rodadinha. Enquanto eu tento fazer tudo ao mesmo tempo agora, vão dando aí uma olhadinha nos posts antigos, nos links que eu coloco, apreciem as fotos, deixem uns comentários, daqui a pouco eu consigo voltar a escrever mais bonitinho aqui no blog. É que the beast is catching – o bicho tá pegando, mas tamosaí.

Anúncios

19 respostas em “Yyyaaaahhhhhh…

  1. Monica, adoro ler a suas impressões e sinceramente nem notei que estavam pela metade =/… Então, já estou ansiosa para ler o restante delas…rsrsrs…

    beijooss…

    • É que as impressões que estão publicadas até que passam, mas tem um monte guardadinha, esperando revisão, finalização, etc. Mas acho que já-já a coisa se estabiliza… 🙂
      bjk

  2. Oi, Mônica, minha linda. Saudade de montão. Adorei o post. depois comento com mais propriedade. Só quis dar um alô rapidamente.

    PS. Feliz aniversário atrasado. Desculpe se não mandei felicitações em tempo.

    Bjos de montão.

    • Cláudio,
      Obrigada! Comigo não tem essa preocupação de aniversário atrasado não, tá sempre em tempo! Estamos mesmo sumidos, é a tal correria de que falo no post… Mas as coisas se ajeitam, né? No final, a gente acaba dando conta.
      Saudades de você também, apareça mais amiúde! 🙂
      bjk

  3. Monica, esse teu blog é muito fofo e gostoso de ler. Tá uma respirada aí que por aqui tem muita coisa pra ler, reler e catch up. bjs

    • ‘brigada, Tati! Aliás, é uma boa oportunidade de sair ‘catando’ posts de antanho, né? 🙂 Mas a coisa não tá fora de controle não, eu é que de vez em quando deixo extravasar meu lado leonino e faço um dramazinho mexicano de leve…
      bjk

  4. Monica sem querer lembrei do filme do Chaplin tempos modernos, com a evolução quase tudo passou a ser multitarefa, menos nós, há dias em que 48 horas são insuficientes, e queremos dar conta de tudo, pode não, aí que pifa somos nós, preocupa não tem muita assunto exelente pra ser relido, qdo restabelecer o ritmo normal estaremos esperando ansiosos pelas novidades, abraço.

    • Nossa, a vida da gente é mesmo a cara do Tempos Modernos, né? Chaplin era mesmo um visionário. Eu até que me considero razoavelmente multitask, mas sem neuras, dou conta de um bocado de coisas ao mesmo tempo. Mas você tem razão, a gente tem que se policiar pra nào fazer demais. Grazadeus eu prezo muito os meus momentos de lazer com família e amigos, não troco de jeito nenhum – aliás, foi exatamente um pouco do ‘excesso’ de vida social que embolou o meio de campo do resto. Mas tá bom demais, durante a semana dá pra tirar o atraso!
      abraço!

  5. Oi Monica,
    Passo sempre por aqui mas ando muito sem assunto então não digo nada. Aí achei esse vídeo que acho você vai gostar e resolvi acrescentar mais uma coisa procê fazer. Só conhecia a música com o velho Bob, e achei muito legal.

    • Nossa, é claro que eu tou com almoço no fogão e emails pra olhar, e ói eu aqui vendo Sammy Davis Jr!!! 😀 Adorei, Wagner, não conhecia essa versão. Na verdade, eu tenho uma em vinil, meio country, não me lembro o nome da banda, mas é muito bonitinha. E, é claro, o Mr. Bojangles original era tudo de bom, classe e sapateado eram com ele mesmo… Como diz a meninada hoje em dia, ao invés do bom e velho ‘obrigada’: VALEU! 🙂
      Bom saber que você está sempre por aqui, mesmo que só ‘lurking’…
      abraço

  6. Dizem que o Papa Gregório VI, ou foi João Paulo I, ou talvez Clemente XIV, ou talvez nem tenha sido um papa, quem sabe… de qualquer maneira dizem que ele só passava tarefas para as pessoas mais atarefadas. Ou será que eram as menos? Acho que isso faz mas sentido. Xiii… A moral da história, no fim das contas, é que se você estiver disposta a usar roupa bufona e colorida, e passar o dia todo imóvel na fantasia medieval, acaba trabalhando no Vaticano. Era isso? Sei lá…

    Enfim, lembre-se que hoje em dia, ter tempo livre é crime: http://www.abicicleta.com.br/2011/01/06/tempo-livre/

    • Alexandre, eu já te disse que sou super fã dos seu blog, né? Pois é, sou mesmo e já passei o link pra todo mundo que eu conheço. Adorei a crônica! Mas ó, eu prezo meu ócio com muito orgulho, tempo pra ficar com o pessoal, passear, ler um bom livro, sentar num bar e tomar uma(s), ir ao clube, viajar, a lista é longa…
      Mas essa história aí de ter subalternos, mucamas, vassalos, estagiários, pra fazer o trabalho pra gente até que é uma boa ideia, né? Não sou muito chegada na turma do Vaticano, mas leonino já é mandão por natureza, arrumando alguém pra obedecer, a gente faz a festa, é um perigo… 🙂

      • Obrigado pelos elogios, é muita bondade sua. Mas blá, blá, blá à parte, mãos à obra aí no blog que já está fazendo falta. Como dizia outro papa “tú te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”. Era um papa, não era?

  7. Que coincidência, Mônica!!! As minhas listas de tarefas acabam virando bola de neve, nunca acaba: consigo fazer metade da lista e deixo a outra metade para depois. Vou empurrando com a barriga!!! Ô preguiça sô!!!!

    • Pois é, nessa de empurrar com a barriga, você pode entrar para aquela turma que diz ‘Procrastinadoes, uni-vos… amanhã!’ 🙂
      Até que eu não sou muito de deixar as coisas pra depois não. É que foram aparecendo novas do nada, quando ‘eu caí em si’, estava uma confusão…

  8. Daí que me confundi, como se estivesse no facebook, e ia clicar em “curtir”.
    Comecei a rir de mim mesmo e depois vi que tem um botão “Like” lá embaixo do post.

    Estou tonto…hehehe.

    Belo texto.

    Bjo

    • Obrigada, Cassiano!
      Preocupa não, eu também vira e mexe me pego pensando se eu tenho que contar 140 caracteres, se posso inserir isso ou aquilo, com quem posso compartilhar o quê… Coisas da modernidade internética, a gente tem que correr atrás! 🙂
      bjk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s