Mimimi

Sabe uma coisa que eu acho que seria muito muito bacana mesmo? Se esse pessoal que se desarvora e se descabela e se ocupa de acompanhar passinho a passinho tudo o que fazem os Rafinhas Bastos e Giseles e Claudias Leittes da vida, dão pitacos, esperneiam e publicam verdadeiros manifestos sobre a decadência da nossa sociedade burguesa as we know it, se toda essa galera que dispende uma energia enorme vociferando, comprando brigas e batendo boca no mundo real e no virtual, e cria marchas contra isso e a favor daquilo, se todos esses ceresumanos tivessem o mesmo empenho e comprometimento na hora de protestar, sei lá, contra desmandos um tiquinho maiores e mais urgentes (não que humor, lingerie e axé não tenham lá sua importância, quem sou eu…). E não é por falta de assunto não, que o cardápio   é variadíssimo, sabe, tem um sem-número de histórias de milhões de dinheiros desviados dos ministérios A e B, tem juízes sendo assassinados, tem chefe da nação aproveitando a carona pra dar um pulinho ali pra conhecer a terra dos ancestrais e dar uma maquiada no passeio com desculpa de acordos bilaterais, tem presidente do Senado usando helicóptero da polícia como se fosse carro particular, achando isso a coisa mais natural desse mundo, enquanto o paciente fica na maca esperando o mesmo helicóptero para transportá-lo pro hospital, tem (e ainda vai ter mais) uma grana caprichada em jogo para ver se a infraestrutura de um evento mundial sai ou não sai do papel, e a gente sabe que vai sair, e os tostões vão entrar nos bolsos certos (ou melhor, errados), tem gente sendo assassinada só por causa de sua opção sexual ou condição social, enfim, tem tudo para todos os gostos, sem falar nas coisinhas cotidianas dessa nossa vidinha de modêus, tipo educação, saúde, segurança, trabalho, essas ninharias.

Desculpaê esse meu mimimi, mas é que me cansa um bocado ver a arrogância da patrulha que se importa muito com levar a sério o que acontece no mundinho do ‘entretenimento’, mas que pega leve com todo o resto, que sai por aí arrotando opinião como se fosse verdade e se comporta na base do ‘se não está comigo, está contra mim’ e ainda vem com a conversa mole de que não dá pra comprar todas as brigas. Concordo totalmente. Então olha o foco, minha gente, vamos tentar manter o foco.
***

Anúncios

10 respostas em “Mimimi

  1. Concordo integralmente contigo, Monica, sua indignação é lícita, mas… o foco de 80% da nossa população é o silicone de fulana, o esculacho de sicrana e o final da novela, se houve beijo gay…
    Um dia fui questionado na net por um desses sem foco. Ele afirmou que não se preocupava com política, porque não adiantava, ia acabar tudo na mesma. E que política era um assunto “chato”, assim como “reforma na educação”, “reforma tributária”.
    Esses “seres do novo milênio” vão governar o país, achando tudo “chato, sem graça”. Recado dado.

    • Eu às vezes me pego pensando naquela história do ovo e da galinha – será que as pessoas realmente querem isso ou querem porque só isso é dado a elas? Quanto a política, realmente é desanimar o que temos por aí. Não é um assunto chato, mas a gente se sente como uma enceradeira ligada, rodando sozinha no meio do salão. O cenário é desanimador quando só se vê mais do mesmo…

  2. E o pior é que essa turma não se toca de que estão causando exatamente o contrário do que querem, ou seja, chamam a atenção pro que não merece. A Hope e os publicitários devem estar rindo a toa com a divulgação de graça que ganharam. Já dizia mestre Millor: não vamos amplificar a voz dos imbecis.

    • E não é que é isso mesmo? Se esse povo ficasse preocupado e reclamando ‘de si para consigo’, eu francamente não estaria nem aí. O chato é que eles saem alardeando aos quatro ventos, e a gente pega a rebarba sem querer. Devem estar com as contas pagas, não é possível, é muita falta do que fazer… 🙂

  3. Eu só discordo quando vc fala da Giselle. Eu acho que tudo o que diz respeito à moça – principalmente se vier com fotos, preferencialmente de lingerie – é prioridade…

    • hahaha, chegamos ao meio-termo então: coloco na lista de prioridades se o bonitón do Tom Brady vier a tiracolo. Afinal, foi o carro e o cartão de crédito dele que dançaram na história … 🙂

    • Pedro, na verdade estou absolutamente encantada com a solidariedade dos times mineiros – se é pra cair, caem todos, tipo Os 3 Mosqueteiros, né? Dizem até que a Petrobrás está começando uma nova prospecção, descobriu-se que abaixo do pré-sal existe Cruzeiro, Atlético e América… 🙂
      Mas um amigo chileno já se prontificou a voltar à terrinha e pedir emprestada aquela cápsula que usaram pra resgatar os mineiros no Atacama, lembra? Tem mais mineiro precisando dela, só que do lado de cá da montanha! 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s