Indecisão

Eu pergunto aos senhores, é este o país que pretende sediar uma Copa do Mundo daqui a menos de três anos, pelamordedeus? Como poderemos levar um evento dessa magnitude em bom termo se não conseguimos nem mesmo manter um diálogo minimamente civilizado com São Pedro? Como esperar que milhares de visitantes de alhures organizem as suas malas com tranquilidade, escolhendo com esmero seus modelitos sociais e eportivos, se nem mesmo nós, os nativos destas montanhas, damos conta de saber como vai estar o tempo daqui a 24 horas?

Não me levem a mal, eu me adapto razoavelmente bem a qualquer clima. Calor, frio, ventos de sudoeste, neve, chuva, falta dela, nem mesmo me abalo com essa horinha roubada de nossos relógios biológicos, e que nos será regiamente devolvida em algum sábado de fevereiro do ano que vem. O que me deixa doida é essa indecisão. Passei os meses de inverno preparadíssima para as baixas temperaturas, antevendo os áureos tempos da minha infância querida, mandei lavar edredons e cobertores, arejei as blusas de lã e cachecóis, comprei mais alguns pares de meias e renovei o estoque de receitas de sopas e caldos. E? E nada, foi um inverno de vestidos de alcinha e copinhos de sorvete Häagen Dazs (longe de mim reclamar de consumos generosos de potes de sorvete, mind you). Até usei o ventilador, mas o meu aquecedor de rodinhas, tão bonitinho, continuou bem quieto no canto dele. Fez um friozinho de nada uns poucos dias, mas se houve inverno, olha, pode ter caído numa terça-feira cedo, eu devia estar dentro do elevador e nem percebi. Lá pelas tantas, resignada, guardei todo o meu arsenal de inverno europeu e comecei a me preparar para a vindoura primavera-verão.

E foi então que o frio chegou. Não seria um problema, realmente, mas o caso é que eu sou friorenta à décima potência. Eu não sinto frio. Eu morro de frio. Eu congelo. Eu me sinto um picolé ambulante, acredito que estou vivendo num freezer, imagino que faço parte de uma experiência em criogenia ambulante. Não tem meia que aqueça meus pés, não tem cobertor que chegue, lá fui eu tirar tudo da gaveta de novo, arrastar o aquecedor de volta pro quarto, desencaixotar mantas.

Se isso acontecesse com a regularidade das quatro estações do ano, tudo bem. O caso é que a cada dois ou três dias a gente tem que refazer tudo, reorganizar os ânimos (sair de casa nesse gelo no fim de semana, olha, não é para os fracos), ir trabalhar vestindo camiseta, mas enfiar no carro um casaco e o guarda-chuva, uma canseira. Dizem que está assim no mundo inteiro, chove quando devia ter sol, esquenta quando devia esfriar, aí no dia seguinte já está tudo ao contrário. Dou conta disso não, minha gente, dou conta não…
***

Anúncios

6 respostas em “Indecisão

  1. E quem disse que a gente dá conta? Mas, olha só, outubro e fazendo frio no Brasil? Sério, tem alguma coisa errada ai.
    Acho que a gente tem que xingar muito no twitter, hein? Porque assim não dá!

    Bj!

    • Pois é, menina, o caso é que esse frio fora de hora bagunçou o meu esquema. Mesmo hoje, com termômetro mostrando 20 graus, a sensação térmica por causa da umidade e do ventinho frio é bem menor…
      Vamos organizar uma marcha de protesto? Tá na moda atualmente… 🙂
      bjk

  2. Não é de endoidecer gente sã? Pela primeira vez na vida decidi ser organizada. Comprei o tal vacuum bag, coloquei lá dentro edredon, cobertor, blusa de lã, cachecol. Aspirei o ar – e não é que funcionou?? O troço reduziu o volume a 1/3. Fiquei “me achando”, com o espaço que economizei no armário. Poucos dias depois, começou a esfriar….
    Ah, nem……!

    • De deixar qualquer uma doida, ainda mais com o espaço que essas roupas de inverno ocupam. Fica tudo no alto do armário, a gente pega escada, desce a tralha toda, depois volta com tudo lá pra cima, e de repente tem que tirar tudo de novo?! Mas tá ruim não, a gente estava precisando dessa chuvinha há tempos. Só espero que o tempo não volte pros 35 graus que fez outro dia, senão eu vou trincar com o choque térmico! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s