Eternidade

Tu tens um medo:
Acabar.
Não vês que acabas todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo o dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.

E então serás eterno.

                                                     (Cântico VI – Cecília Meireles)
***

Anúncios

9 respostas em “Eternidade

  1. Ai, modeuso, quequieu falo?
    Moniquete, sem palavras para este poema.
    Pra mim, uma forma acabada (e muitíssimo bem acabada, por sinal) daquilo que apelidamos de Tempo.
    Beijão procê.

  2. Que isso? muita chuva aí na Savassi, acabou o pão de queijo, o América perdeu novamente? Você vem em plena sexta de manhã com uma pedrada dessa? belo poema.
    beijo, bom fim de semana.

    • Como filha de um entusiasmado torcedor do ‘glorioso alviverde’, posso te assegurar que o recente desempenho (recente = últimas décadas) do time não nos fazem nem cócegas mais… 🙂 Já um eventual desabastecimento no estoque de pão-de-queijo poderia causar uma verdadeira hecatombe nuclear nas montanhas, nem consigo pensar na possibilidade!

      Mas o poema é lindo mesmo, né? Engraçado é que tem gente que lê e o acha triste, porque fala sobre ‘morte’, e eu acho que ele é justamente sobre a Vida. É só focar no ‘renovar’…
      bjk e ótimo fim de semana pra você também!

  3. que beleza, e qt sabedoria!.. os verdadeiros poetas conseguem falar das angustias de maneira que nos conforta e traduzem as sutilezas da vida, tal qual um mestre espiritual nos ensina e ajuda a entender o desconhecido.
    bjs
    ana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s