Duas vozes de cair o queixo

Se tem uma coisa que sempre me impressiona nesse mundo de modêus é o tanto de gente absurdamente talentosa que existe por todo canto. Não sou muito de acompanhar esses ‘talent shows’ que viraram mania nos últimos anos, não só porque o objetivo ali parece ser escolher quem vai se dar melhor no mercado fonográfico (e aí ninguém tá muito disposto a arriscar nada) mas também porque o que a gente mais vê é genérico da Mariah Carey, com direito a trejeitos e ao vício de cantar tremendo a voz no final de cada verso. Mesmo assim, acho que deve ser uma dificuldade imensa decidir que fulano é melhor do que beltrano e, portanto, deve continuar na disputa – mas em competição não tem muito como fugir disso.

Aí, de vez em quando, aparecem umas vozes que deixam a gente de queixo caído. Uma delas este ano (que, surpreendentemente, não foi pras finais) foi a da Rachel Crow, uma garota de apenas 13 anos que canta Etta James como gente grande – dá só uma olhada nela cantando I’d Rather Go Blind:


***

A outra voz, que por mim teria levado todos os milhões de tostões na final, foi a do cozinheiro de burritos Josh Krajcik (já pensou no desperdício que seria um artista desses durante anos na cozinha?). Não levou o prêmio, mas desconfio que ele deve fazer ainda mais sucesso do que a vencedora Melanie Amaro. Olha, não é qualquer branquelo que tem uma caixa de ressonância dessas (e é por isso que não existem muitos Joe Cockers dando sopa por aí), capaz de encarar rock, blues, soul e até música de Natal com essa facilidade.
***

(mas eu ainda acho que ele teria botado a casa abaixo se tivesse cantado Mustang Sally…)
***

Anúncios

10 respostas em “Duas vozes de cair o queixo

  1. Que vozes!!! Eu não conhecia nem a menina nem o rapaz, maravilha de talento. Tambem fico impressionada com tanta gente talentosa nesse mundo, e muitas vezes mais impressionada por muitos talentos passarem despercebidos, sem oportunidades.

    Beijo e um Bom Natal!

    • Pois é, são esses momentos que fazem a gente até acreditar que o ser humano tem jeito, né? 🙂
      E é mesmo, o tanto de gente que, por vários motivos, não têm seu talento reconhecido, às vezes nem mesmo descoberto. Enquanto isso, tá ‘assim’ de um montão de outros rachando de ganhar dinheiro porque simplesmente estão nos seus 15 segundos de fama…
      Um lindo Natal e um super 2012 aí pra você!
      bjk

    • Gendidêus! Quantos anos será que tem essa menina?! Pois é, e eu aqui mal dou conta de cantar no chuveiro, kkk…
      Arrá… tá nevando no meu blog sim, viu só que chic? Já que eu não posso ter ‘the real thing’, pelo menos improviso no virtual… 🙂
      Mas assim que passar o Natal eu tiro ela de cena, é só pra criar um clima…
      bjk e um ótimo Natal e Ano Novo pra você, marido e todo mundo

  2. caiu uns 50 cm de neve aqui de ontionti prá onti, e eu tive que tirar tudo da calçada hoje. Morri. Gosto de neve, mas acho que a sua aí tem vantagens sobre the real thing…
    Mas o branquelo aí pode cantar toda a trilha sonora do The Commitments sem susto. E essas meninas negras americanas, sei não, acho que não é talento, não. São muitas. É algo que colocam na água por aqui, só pode ser…

    • Max, neve é tudo de bom. No cartão postal e no alto da montanha. Na cidade, com carro, gente, poluição, é uma meleca. Linda na hora que cai, 5 minutos depois a gente tem a maior trabalheira. Pro dia-a-dia, também sou mais a virtual.

      Também achei a voz dele bem parecida (mas melhor, sem dúvida) com a do Andrew Strong, dos Commitments. Daí que James Brown e Wilson Pickett vão ser barbada pra ele cantar… Essas igrejas batistas são um celeiro de boas vozes nos Istêitis, daí a moça que ganhou não ter me impressionado tanto assim. Coisa de DNA mesmo, não temos a menor chance!

  3. Acho que esse tipo de coisa sempre existiu . Mas, o que conluí, apenas para mim, é que antes era muito difícil você conseguir gravar . Mas, se conseguia, mesmo não havendo mídia fora rádio ,o cara ia paa frente porque tinha talento . Hoje é muito fácil gravar. Qualquer pessoa pode gravar, ou filmar ou se apresentar, ou ser cover de qualquer cover do cover. Mas, o que fica meso na mente da gente, do tipo “isso vale a pena ” é muito pouco. Por isso acho que nossa mente ficou seletiva por ser saturada com tanta gente tentando e pouca chance . Não há mais tempo para o talento crescer. Ou o bolo chega pronto ou não sai da primeira fornada.

    • Sem dúvida! Hoje em dia conserta-se tudo no estúdio – desafinos, arranjos meia-boca, um grava num país, outro no outro, depois juntam tudo – e só na hora do show é que dá pra ter certeza do talento do artista. Daí as Britneys da vida que, claro, têm seu mérito, mas não dão conta do palco sem o playback pra ajudar…

      Uma vantagem dessa maior facilidade pra gravar, no entanto, é que muita gente boa que jamais teria uma chance fora do esquemão das gravadoras hoje consegue ter uma carreira sem ter que ‘vender a alma’. E a gente descobre talentos fantásticos fora do circuitão e em todo canto do planeta. Nisso a internet ajudou demais.
      abraço

  4. Ai, Monica, eu sou do tempo em que para se entrar num estúdio o artista tinha que ter talento, diferente de hoje. Mas concordo 101% contigo. Josh e Melanie eram os melhores do show, e não sei como essa Rachel Crow não foi para as finais. São cantores prontos, não precisam de maquiagem acústica. Os outros era pura “encheção de linguiça”… um grande abraço!

    • Hoje em dia é mesmo muito mais fácil ter uma mãozinha da tecnologia pra preencher os buracos da falta de talento, né? Mas também é aquela história, quem não dá conta, sai de cena antes do segundo disco. Mesmo os que teimam e têm o apoio dos estúdios acabam sendo esquecidos – a lista é enorme…
      Os shows de talentos são bacanas, mas não mostram tudo. Tem ganhador que nunca conseguiu fazer nada, e gente que mal ficou entre os 10 e encontrou seu nicho e mantém uma carreira legal. Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s