Declaração de amor

“Quem poderá fazer aquele amor morrer
Se o amor é como um grão?
Morre e nasce trigo
Vive e morre pão…”

Drão. Uma declaração de amor como poucas. Gilberto Gil, 70 anos hoje.
***

6 respostas em “Declaração de amor

  1. oi, monica, passo sempre por aqui, mas ando meio calado.
    Falando em música, você conhece o grupo do link abaixo? Veja que máximo, cantando nosso maestro soberano.
    beijoca.

    • Oi Wagner! Que bom que você está por aqui, mesmo que só como um ‘lurker’. Até eu ando meio sumida daqui, doidolândia total…
      Genial o grupo, né? Quem me apresentou a eles foi uma amiga eslovena (como eles), mas eu só conhecia o vídeo da Aquarela do Brasil, que é incrível. A gente custa a acreditar que eles não falam português! Antônio Brasileiro certamente ficaria muito feliz com essa versão deles. Adorei!
      bjk

  2. amor como um grão… para Drão, apelido de Sandra, uma derivação no aumentativo… feita bem no meio de uma separação depois de 17 anos de casamento… acho até que todos sabem disso, mas sempre é bom lembrar da extensão profunda de uma poesia que reflete o amor, em qualquer situação… em qualquer situação…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s