Curtinhas

* Voltei. Acho. Assim espero.

* Aí eu leio no jornal que dona Carla Bruni estaria grávida de seu terceiro rebento, o segundo com monsieur ex-presidente. E que estava de repouso em casa por causa da ‘idade avançada’. Bruni tem 42 anos. Depois leio na internêta um jornalista dizendo que Eddie Vedder está pensando em vir ao Brasil (com ou sem Pearl Jam) para fazer uns shows. E que ele está super bem e em forma, ‘apesar dos 48 anos’. Olha. Deviam parar de dar essas pautas pra recém-formado e mandar todos eles pro playground cobrir festinha infantil de sub-celebridade.

* Criatura (eu) vai almoçar e tem uma couve refogada ma-ra-vi-lho-sa no cardápio. Criatura (eu) sai do restaurante e vai resolver umas pendências antes das aulas do resto do dia. Criatura (eu) sorri e conversa com vendedores, seguranças, gerentes, caixas, porteiro etc e, de volta ao escritório, pára na frente do espelho para escovar os dentes. E aí Criatura (eu) vê que tinha palmeirense na arquibancada todo esse tempo… Geeeente.

* Como torturar esta que vos escreve (módulo básico): pare seu carro ao lado do dela no sinal às 6.45 da manhã, com o som tocando a última frase de uma música que ela não ouve há um século. Arranque o carro e deixe que ela fique com a música (ou melhor, só a última frase) na cabeça a manhã inteira, sem se lembrar do resto e sem ter um minutinho de intervalo entre aulas pra perguntar pro sêo Google. Voilà!

* Nós não éramos propriamente amigos (pelo menos não naquele sentido tradicional, antes da virtualidade dar uma definição mais ampla para o termo), mas trabalhamos na mesma escola e de vez em quando curtíamos ou comentávamos no perfil um do outro no Facebook. Depois sumíamos um tempo, cada um às voltas com seus muitos afazeres. Outro dia apareceu um alerta na minha página, avisando que era aniversário dele e resolvi deixar uma mensagem de parabéns. Horas depois recebo uma mensagem privada de alguém que eu nem conhecia: “You do know that R. passed away, don’t you?”. Não, eu não sabia. Ele havia morrido há meses. Olha, coisas assim, como uma morte prematura aos 37 anos, me fazem pensar que a vida da gente é mesmo um cisquinho à toa.

* O trânsito nesta cidade anda tão amarrado (‘de menas’ agora, recesso escolar é uma bênção!) que a todo momento alguém lança a ideia de se instituir o rodízio de carros na região central. Mais essa agora. O pessoal não consegue nem mesmo organizar um rodízio de pizza decente por aqui, vai querer inventar rodízio de carro…

* Esta aqui foi épica. Parabéns a todos os envolvidos. Se Sua Majestade fosse a Rainha de Copas, todos teriam suas cabeças cortadas.

* E saibam todos que Mônica é um nome super sexy. Não fui eu quem disse isso, claro, foi o Alec Baldwin (no filme ‘Para Roma, Com Amor’). E quem sou eu para contrariar o moço?!

* O caso é o seguinte: tenho bissolutamente nada contra o pessoal ficar feliz e comemorar, gritar, buzinar, soltar foguete e tals. Mas um juiz (juiz mesmo, de Direito, né de futebol não) iniciar uma audiência pedindo vênia para homenagear o time do Corinthians pela vitória na taça Libertadores, olha, é o fim da dinastia. Parem com isso, senhores, cês não morrem de vergonha, não? Sério.

* E resolveu fazer frio por aqui, um frio gostoso e civilizado, que deixa a gente arrumada desde cedo, quando levanta, até quando volta pra casa. Nada daquele amarrotado de roupas, cabelos desgrenhados, cara de quem precisa urgentemente de um terceiro banho no dia. Inverno, meus queridos, eis a civilização. Fico muito mais alegrinha e bem disposta no inverno, que por aqui ainda vem com o bônus de dias de céu intensamente azul, belíssimos crepúsculos (já que não sei o plural de pôr-do-sol) e ipês colorindo ruas, praças e parques. Inverno é tudo de bom.

8 respostas em “Curtinhas

  1. benvinda. e fique. esse negócio de todo mundo andar me chamando de velha direta ou indiretamente já me deu nos nervos há muuito tempo. mas agora estou ni vietnam, em ferias e eles me chamam tambem de gorda.
    Gorda velha é a PQP

    • Peraê, cê tá de férias no Vietnam??? Menina, que coisa mais fantástica! E eu aqui com o caboclo viajador não me dando sossego e não consigo férias nem ali em Sabará!!!
      “Gordavelha é a PQP”, exclamou a princesinha. (dá ou não dá uma aliviada no pqp quando a gente complementa?)
      bjk e bom passeio!

  2. Bem vinda de volta!!! (Estava com saudades….)
    Eu tenho 24 anos e me chamam de senhora, agora esse povo falando que 40 e tantos é velha, o que diremos então da Dercy Gonçalves, eihn?

    Ai resolveu fazer frio, é? Aqui no RS São Pedro está ainda indeciso, pois temos meia semana de frio re rachar e uma de verão, um dia de tempestade e três de neve… Aqui não tá facil, acho que vou jogar na Mega Sena, creio que tenho mais chances de ganhar do que acertar o clima do dia seguinte…

    Beijos

    • Ih, eu sou senhora já há bastante tempo! No telefone, então, é uma coisa horrorosa. Parei de me incomodar logo no começo, a grande maioria fala assim em sinal de respeito, porque tá falando com uma cliente… Se bem que, no meu caso, já tou no senhora por méritos próprios mesmo, kkkk…

      Friozinho aqui tá bom, sem gelo excessivo. Se ficar assim até setembro, vai ser bom demais, precisa esfriar mais não!
      bjk

  3. Mônica, seja bem-vinda neste seu retorno digital. Senti sua falta. Aliás, sentimos.
    Apesar de meus 4.7, uma idade praticamente avançada, sinto-me com um corpinho de 4.6, idade que claramente não é tão avançada… kkkkk!!! E aproveitando para lembrar um trechinho do Queen, na voz do (esse sim) imortal Farrokh Bulsara (mais conhecido como Freddie Mercury): “Who wants to live forever?”
    Até de repente!

    • Pois é, outro dia me perguntaram quantos anos eu tinha e eu disse que não sabia, porque todo ano muda! O caboclo ficou me olhando com cara de quem não sabia se eu estava falando sério… 😀
      Live forever? De jeito maneira. Olhaí o Oscar Niemeyer pra você ver…
      Até!

  4. Pior que ter “galerinha na arquibancada” e ninguém avisar: prender a barra da saia no elástico da cintura da meia-calça, não perceber, e sair desfilando por aí, se achando….

    • Nooooossa, isso já aconteceu com uma amiga minha, chiquérrima, finíssima, imagina, em plena festa de casamento. Alguém avisou, mas aí ela já tinha atravessado meio salão daquele jeito. É de matar mesmo… 🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s