Prólogo

clique para ampliar 

 

Minha primeira tentativa de criar um blog, lá pros idos de 2003 ou 2004, foi coroada de estrondoso fracasso. Meu acesso a internet ainda era via conexão discada e algumas páginas demoravam tanto pra entrar que dava tempo de passar um café ou ler a primeira página do jornal enquanto isso. As ferramentas também não ajudavam muito, as interfaces eram meio complicadas, às vezes era preciso saber mais de html do que eu estava disposta a aprender. Bateu a maior preguiça, o meu blog foi então abandonado à própria sorte, juntando poeira em algum cantinho oculto do ciberespaço e eu deixei a idéia pra lá.

Isso mudou quando meus alunos de inglês começaram a pedir que eu desse a eles dicas de sites e atividades que eles pudessem consultar na internet, e que servissem como apoio fora do horário de aula. Resolvi então criar, no final de 2006, o Project Platypus (uma hora dessas eu explico de onde veio o nome) que, para minha grande surpresa, ainda está vivinho da silva um ano depois e recebe acessos de gente do mundo inteiro. Não é exatamente um blog com B maiúsculo, mas já é um começo.

Assim, por incrível que pareça, eu comecei a blogar primeiro em inglês. Eu sempre achava que devia começar um em português também, trazer de volta um tempo legal de quando  escrever era um prazer para mim e eu era capaz de encher páginas e páginas dos meus cadernos Caderflex (alguém se lembra deles?) com um monte de idéias e observações do cotidiano. Esta é, então, a minha tentativa de ressucitar meus cadernos e voltar a escrever pelo prazer de escrever.

Espero que leia e goste. E, se gostar, que volte e passe o link adiante. E quem sabe até deixe um comentário…

Mônica   (dez. 2007)     

    

Anúncios

30 respostas em “Prólogo

  1. JUST GREAT!

    A verdade é que não é surpresa alguma o alto “teor intectuálico” deste Blog da querida prima Mônica.
    Tudo que ela faz é bem-feito.
    Também pudera: utilizar bem os neurônios não é tarefa para qualquer um…

    VALEU, MONIQUINHA LINDA!!

  2. Ih, Mô, caí na besteira de seguir o link para seu blog no e-mail que você enviou. Fui no intento de dar uma “sapeada”. Lá se foi a minha programação do dia…

    Deixei o prólogo por último e aproveito para deixar meu comentário. Achei super eclético o seu blog, tem um pouco de tudo para todos, já foi parar nos favoritos do meu navegador.

    Parabéns!!!

    Beijos do Mu.

  3. Oi Pipa!!
    Acabei de ler seu e-mail e decidi visitar seu blog. Que bom perceber que o espírito da famíliia ainda continua o mesmo. Lendo seus textos e histórias, me veio uma emoção forte… a emoção daqueles dias, na sua casa, nos finais de semana, com sua família e amigos.
    Ouvindo aquele “Disco” de uma orquestra muito engraçada que tocava “Danúbio azul” com “flatulências” e outros sons curiosos…
    Bjs e saudades

  4. Alexandre (a.k.a. Vamp!), que bom te ver aqui!!!
    Menino, sem querer apelar pra nostalgia , aquele tempo era bom demais, né? E o melhor é a gente saber que a amizade que já vai aí por tantos anos (sem detalhes, sem detalhes, eu prometo…) continua firme e forte, e mesmo o sumiço da gente não resiste a ela! Continuamos todos aí, tão bobos quanto a orquestra do Spike Jones (aquela do Danúbio Azul…), grazadeus!
    Apareça sempre!
    Um beijão e um abrowse!

  5. Oi, Mônica. Cofesso que não sou muito de blog (corrigindo, não era, pois não tem como não ficar apaixonado por um trabalho tão bem cuidado e delicioso de se ler como é o seu blog). Alguns blogs que me indicavam eram pouco interessante (pra não dizer vazios – em todos os sentidos) Amei deste os primeiros minutos que visitei e não sei se vou deixar de visitar. Parabéns, parabéns mesmo. Bjão no fundo coração. Cláudio.

    • Oi Cláudio,

      ah, mas tem muito blog legal por aí, sobre os assuntos mais variados, desde os sérios até os de tolice explícita! É que o ciberespaço é assim, meio caótico, e no meio das coisas bacanas a gente tropeça em muita porcaria. Aos poucos a gente se acostuma com o ‘bater de olhos’ pra ver se vale a pena ou não…

      Volte sempre, tem muuuuuita coisa aí pra trás!
      bjk

  6. Mônica! Sempre evitei os prólogos mas li este e achei vários pontos de identificação. Também tenho meus cadáveres e natimortos espalhados pelo ciberespaço (coisa grande isto, não?) Cheguei até a escrever sobre medicina, veja só? Mas só minha mãe lia e o blog foi abandonado! Votos de uma continuidade prolífera para você, e seja sempre bem vinda no Cágado!

    • Romacof, esse universo é mesmo infinito e está em expansão – e você já parou pra pensar no que é o infinito expandindo? 🙂

      Minha ideia inicial era continuar o blog em inglês depois do mestrado, mas com pouco tempo e paciência para encontrar e montar atividades pra postar depois, ele acabou juntando poeira cósmica do ciberespaço.

      Passo sempre pelo Cágado Xadrez (esse acento não pode cair de jeito nenhum, né?) com frequência, só que não é sempre que eu comento…

  7. O fato de voce ter respondido a um simples comentário meu aqui no seu blog me fez percorre-lo. Excelente. Parabéns. Alguem por aqui já reparou…o humor fino é genial. um abraço

    • Cláudio, muito obrigada! Eu sempre tento responder a todos os comentários, mesmo que eu me atrase um pouquinho! É que eu adoro receber comentários, sabe, às vezes a gente tem centenas de acessos num dia (por aqui a média é de uns 600 mais ou menos), mas nada substitui um ‘alô’ pra gente continuar a conversa. Meu pai dizia que conversar é que nem jogar ping-pong, ‘o importante é manter o barulhinho!!!’ 🙂
      Volte sempre!
      abraço

  8. Visitando pela primeira vez seu blog, simpatizei de cara e já marquei em favoritos.
    Vou passar por aqui sempre que der. E quando não der arrumo tempo e passo mesmo assim, rs.
    Parabéns pelo trabalho, realmente, o povo que comenta aqui tem razão,é um dos poucos blogs que encontro que está muito bem organizado.

    • Oi, Jornalista, que bom que o blog é ‘do agrado’! Passe sempre sim, deixe seu alô quando tiver um tempinho, é sempre um prazer ter notícias de quem passeia por aqui. Obrigada pela visita e pelo comentário!

  9. ei monica,só agora li o seu prologo.
    e sabe o que achei mais interessante? é que só tem gentona aqui, rrsrs..(medico, jornalista, etc etc)é voce consegue com os seus dois neuronios(comentario seu esse rsrs) alcançar tanto os intelectuais quanto pessoas como eu: uma simples dona de casa que ama o seu blog e ja o adicionou em seus favoritos!

    O seu blog é tudo de bom. Parabens!!!

    bjos querida…

    Greici

    • Que bom, Greici, conversar com gente de todos os gostos é tudo de bom! Adamastor e Hermengarda, meus dois neurônios, trabalham sem parar, tadinhos, acho que estão ficando meio sobrecarregados…

      Mas ‘simples’ dona de casa não existe, né? É uma pancada e tanto, e daquelas que não vão das 8 às 18! Fico feliz que você encontre coisas legais por aqui, e me sinto honradíssima por figurar na sua lista de favoritos!

      bjk

  10. Mônica, acabei de achar seu blog nem sei direito como, mas menina, que achado!! Ah, lembrei, meu irmão me passou o link pra eu ver o video da Vivo. Daí fui lendo, fui lendo, e tô aqui até agora! Achei mais legal ainda saber que vc começou no jornalismo e hoje está no inglês – eu sou formada em publicidade, trabalhei em varias áreas meio-nada-a-ver, e comecei a dar aula de inglês numa escola esse semestre! Deu vontade de conhecer mais da sua trajetória, quem sabe me inspira um pouco… Adorei os textos (tenho muitos ainda para ler, mas já começou bem!), a forma de vc escrever, os temas, a linguagem, o mineirês embutido no blog todo. Você me deixou com vontade de voltar a escrever também! Meus parabéns!!
    Sou por demais enrolada e geralmente tenho dificuldade de acompanhar um blog (não consigo nem acompanhar meus próprios emails!!), mas o seu eu vou fazer um esforço especial – afinal, ele merece!
    Um abraço da nova admiradora,
    Clarissa

    • Oi Clarissa,
      puxa, obrigada, cê nem imagina como ler coisas assim me deixam toda-toda! 🙂
      Pois então, eu me formei em jornalismo, trabalhei um pouquinho e acabei dando aulas de inglês, fiz mestrado e lá se vão vinte aninhos nessa ‘brincadeira’! Mas parece que foi ontem.
      Você escreve também? Uai, então manda ver! Eu me divirto muitíssimo aqui no blog e ele já me ‘apresentou’ a muita gente bacana pelo mundo afora. Às vezes o tempo é curto pra escrever, mas tem sempre alguma coisa legal que alguém fez pra compartilhar com o pessoal.
      Some não, vou ficar super feliz de te ‘ver’ mais por aqui.
      Abraço pra você também!

  11. Olá Mônica..acabei de conhecer o seu blog meio que “por acaso”…apesar de não acreditar nele…
    e posso dizer que fez eco! Gostei do que li…e estou com gosto de quero mais….vou acompanhar…e quem sabe aprender um pouco!?! Sou profissional do Direito, artista plástica, dentre outros, e estou me aventurando pelos caminhos da poesia, crônicas…..
    É sempre bom conhecer experiencias de pessoas como vc!
    se quiser me visitar: http://www.elianestahl.blogspot.com
    Um abraço
    Eliane Stahl
    “Somos resultados de nossas escolhas”

    • Oi, Eliane, seja muito bem vinda!
      Menina, você é super ‘multimídia’, hein, Direito, artes plásticas, poesia, crônicas! Que legal, acho essa variedade de interesses tudo de bom! Eu adoro encontrar gente nova por aqui, e mais ainda quando elas também têm um espaço nesse universo virtual maluco. Com certeza vou lá no seu blog fazer uma visita com calma!
      Um abraço!

  12. Olá Monica,

    Fiquei sabendo de seu blog através do blog do jornalista Chico Maia. E o pouquinho que eu li me fez marcá-lo entre os meus favoritos. Vou fazer o possível para voltar mais vezes.

    Um abraço,

    Guilherme

  13. Seu blog é incrível. Despertou em mim o desejo de escrever pelo simples prazer de dividir com alguém meus pensamentos. Estou longe de ter talento para isso, mas partilhar das mesmas ideias com alguém do outro lado da tela é extremamente gratificante… Continue com o blog.. Virei fã!!

    • Oi Rafaela!
      Que bom! Escrever é um dos meus grandes prazeres (outro é ler coisas bacanas que as outras pessoas escrevem…). É um exercício incrível, e a gente vai pegando o jeito, pode acreditar! E adoro esse contato com as pessoas ‘do outro lado da tela’, como você bem disse. De repente as distâncias de tempo e espaço ficaram deste tamaninho…
      Ando meio capenga pra escrever, com pouco tempo, mas espero retomar um ritmo pelo menos próximo do antigo.
      Espero te ver sempre por aqui!
      bjk

    • haha, o ‘outro lado da tela’ fica só na virtualidade da internet…
      Leonina, sem dúvida. De carteirinha. Querem alguns que eu esteja me ‘aquarizando’, mas lá no fundão, não tem jeito… 🙂

  14. Mônica, assista a este vídeo. Uma pessoa transformando a vida de várias. Muito legal, dá para reacender a esperança nos rumos da humanidade.

  15. Oi Mônica, tudo bom? Meu nome é Stefanie, sou produtora do Programa do Ronnie Von da TV Gazeta de São Paulo e gostaria de entrar em contato para um convite de entrevista. Como eu faço?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s